A verdade. O que é a verdade?

02/08/2015 22:00

Por Josenildo Melo 

                                               A verdade. O que é a verdade?

 

            Em tempos modernos e contemporâneos vivemos praticamente um relativismo absoluto das coisas, talvez por este motivo, muitos dizem que Verdade depende pura e simplesmente da ótica observacional de análise dos interesses ideológicos em jogo e pertencente a cada lado envolvido em polêmicas ou escândalos; e que ambos os lados envolvidos podem tecer suas verdades. O relativismo teme a verdade? 

            De acordo com a opinião do escritor italiano Claudio Magris, ex-senador da Itália, ex-professor das universidades de Turim e de Trieste, e prêmio Príncipe de Astúrias de Letras de 2004, em um artigo publicado no jornal Corriere della Sera, 23-02-2012, o relativismo, corretamente entendido, não é a negação da verdade, muito menos do significado e da necessidade da sua busca. 

            Ele é um sal indispensável, não um petisco; é um corretivo irrenunciável na busca da verdade, que impede que nos acreditemos como possuidores definitivos dela, como alguém que chegou a um pleno e indiscutível conhecimento da verdade e autorizados a impô-la aos outros; esse relativismo – dirigido a todos os dogmatismos, a todas as palavras de ordem e a todas as opiniões dominantes do momento, sobretudo às próprias convicções – é a base da tolerância e da liberdade. 

            E a verdade? Segundo o Jesuíta, Padre Fernando Bastos de Ávila; VERDADE, do latim “veritas, veritatis”, podemos distinguir duas acepções fundamentais do termo. A primeira é a acepção epistemológica, pela qual a verdade é a adequação entre a inteligência e a coisa, e se opõe ao erro. A segunda é a acepção moral, pela qual a verdade é a adequação entre a inteligência e a sua expressão manifestativa e, neste sentido, se opõe à mentira. 

            E o conceito verdade vem desafiando a humanidade por milhares de anos? Filósofos da antiga Grécia debatiam a natureza da verdade. Eles discutiam se ela era real e absoluta, ou relativa e ilusória. Dúvidas podem ter sido refletidas numa questão de Pilatos: "Que é a verdade?" (João 18:38).

            O filósofo francês Descartes (é assim mesmo a escrita correta), que, pela primeira vez, formulou, de maneira metódica, o problema relativo a esta capacidade, chamada mais tarde, o problema crítico, colocando todos os conhecimentos humanos no suspense de uma dúvida metódica, julgou que a única verdade inicial sobre a qual era impossível duvidar era esta: “cogito, ergo sum”; penso, logo existo. 

            Ao menos isto a inteligência podia conhecer inicialmente com absoluta certeza. O simples fato de o homem pensar, nem que fosse para duvidar de tudo, lhe dava a certeza de existir. Nisto mesmo ele intuía a capacidade da inteligência para atingir a verdade. É somente isso o que é A Verdade?

            A VERDADE. O QUE É A VERDADE? (lat veritate) sf 1. Aquilo que é ou existe com toda a certeza. 2. Conformidade das coisas com o conceito que a mente forma delas. 3. Concepção clara de uma realidade. 4. Realidade, exatidão. 5. Sinceridade, boa-fé. 6. Princípio certo e verdadeiro. 7. Juízo ou proposição que não se pode negar. 

 

Fonte de Pesquisa: Dicionário da Língua Portuguesa comentado pelo Professor Pasquale. Barueri, SP: Gold Editora, 2009. Sites: http://www.ihu.unisinos.br e http://www.corriere.it 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!