A verdade triunfará diz Presidente Michel Temer

23/09/2017 15:22
DELAÇÃO INDUZIDA
TEMER DIZ QUE, MAIS UMA VEZ, A VERDADE TRIUNFARÁ E DENÚNCIA SERÁ DERRUBADA
 
EM VÍDEO, PRESIDENTE VÊ FATOS ESTRANHOS EM 'DELAÇÃO INDUZIDA'
 
Redação - Diário do Poder
 
Na tarde desta sexta (22), o presidente Michel Temer publicou em suas redes sociais um vídeo sobre a segunda denúncia apresentada pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Sem citar nomes, Temer critica executivos da JBS e comenta a existência de “muitos fatos estranhos que esperam por ser explicados nesta estranha delação induzida”.
 
O presidente comenta ainda existência de uma “marcha de insensatez” responsável por lançar sobre ele diversas “ilações, provas forjadas, denúncias ineptas produzidas em conluios com malfeitores”. Ele afirma sua confiança no encerramento dos “últimos episódios de uma triste página de nossa história” pela Câmara dos Deputados e reforça que a incoerência e a falsidade foram armas do cotidiano para o extermínio de reputações. “A verdade prevaleceu ante o primeiro ataque a meu governo e a mim. A verdade, mais uma vez, triunfará”.
 
De acordo com o presidente, ele retirou o país da recessão mais grave de toda sua história em pouco mais de um ano e quatro meses de governo e promete fazer muito mais até janeiro de 2019. “Diante dos ataques que se renovam, quero expressar minha indignação e manifestar minha profunda revolta com a leviandade dos que deveriam agir com sobriedade. Tenho orgulho de estar presidente da República pelo que pude fazer até agora”, disse.
 
Temer credita ao acidental aparecimento dos áudios a prova de uma conspiração com múltiplos propósitos armada contra ele. Segundo o presidente, a única vacina contra a “marcha de insensatez” é a verdade.  “E a verdade é a única arma que tenho para me defender desde o início deste processo de denúncias e que busca desestabilizar meu governo e paralisar o avanço do Brasil.”
 
Temer diz ainda que tudo que ele afirmou desde o início dos processos da denúncia e dos ataques que vem sofrendo se confirmou, mas que ainda é preciso esclarecer alguns pontos apresentados pelos delatores. “Apontei as reais intenções dos delatores; denunciei a manipulação de mercado que lhes deu ganho de milhões; critiquei o perdão amplo que obtiveram. Cobrei, ainda, o inexplicável envolvimento de integrantes do gabinete do ex-procurador-geral da República, que depois, certamente, foram ganhar dinheiro das empresas dos delatores; relatei que a delação e a gravação começaram muito antes dos relatos oficiais. Há ainda muitos fatos estranhos que esperam por ser explicados nesta estranha delação induzida”, disse. (Com informações AE)
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!