Apesar dos cortes - Coluna de Cláudio Humberto

30/05/2016 09:28
COLUNA DE CLAUDIO HUMBERTO
A gigante Saudi Aramco, da Arábia Saudita, a maior petrolífera do mundo, produz um de cada oito barris de petróleo do planeta, está avaliada em R$ 6,5 trilhões e tem 65 mil funcionários. A Petrobras, que nem chega perto da Aramco em produção de petróleo, está avaliada no mercado em cerca de R$ 60 bilhões, se tanto, e paga salários a 249 mil pessoas, das quais 84 mil são concursadas e 165 mil terceirizadas.
 
CABIDE DE PETRÓLEO
A Shell, a Exxon e a British Petroleum, outras gigantes do petróleo, empregam juntas 262.000 pessoas, 13 mil a menos que a Petrobras.
 
DESAFIO PELA FRENTE
Pedro Parente terá um baita desafio: a Petrobras opera 7 mil postos no mundo; a Shell tem 44 mil, mas lucra trinta vezes mais.
 
ASSIM NÃO DÁ
Mesmo depois cortar 30 mil funcionários e colocar mais 12 mil na fila da demissão voluntária, a Petrobras ainda tem 84 mil concursados.
 
INEFICIÊNCIA ESTATAL
Em 2014, antes do Petrolão, a Petrobras lucrou US$ 1 bilhão; a Shell, US$ 14 bilhões; a Exxon, US$ 32,5 bilhões e a BP, US$ 12,1 bilhões.
 
MULHERES FORA DO GOVERNO E À FRENTE DO JUDICIÁRIO
Se não há mulheres no ministério de Michel Temer, no Judiciário elas vão chefiar os mais importantes tribunais do País, a partir de setembro: a ministra Cármen Lúcia será presidente do Supremo Tribunal Federal e a ministra Laurita Vaz vai presidir o Superior Tribunal de Justiça. Mas não é opção dos tribunais: esta é a vez de as ministras assumirem as presidências do STF e do STJ, observando o critério de revezamento.
 
REPRESENTAÇÃO
Hoje, os cinco tribunais superiores têm em sua composição mulheres muito admiradas pelo saber jurídico.
 
DESPROPORCIONAL
Apesar da forte presença qualitativa, as mulheres ainda são apenas 18% na composição dos tribunais superiores.
 
PRIMEIRA INSTÂNCIA
Até o final de 2015, apenas cinco dos 27 Tribunais de Justiça nos Estados brasileiros tinham uma mulher no comando.
 
SÃO UNS ARTISTAS
O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado usou tom irônico para se referir ao juiz federal Sérgio Moro, chamando-o de “artista”. Mas “artistas” mesmo são os ladrões que ele julga.
 
PAPO SABIDO
Emissários de Renan Calheiros têm jurado a veículos de comunicação que ele não indicou Sérgio Machado para a Transpetro, dizendo que a escolha foi “da bancada do PMDB”. Cujo líder era... Renan Calheiros.
 
VALE-TUDO
Petistas contrários à mudança de status da antiga Controladoria Geral da União (CGU), agora Ministério da Transparência, espalham que uma “nova logomarca” custou R$ 10 milhões. Isso é tão verdadeiro quanto nota de 3 reais ou a alegação de “golpe” no impeachment.
 
MESMAS PRERROGATIVAS
O novo Ministério de Transparência preserva todas as prerrogativas da velha CGU e o novo ministro, Fabiano Silveira, ainda aumentou de 60 para 70 o número de municípios sorteados para serem auditados.
 
CORTAR É PRECISO
O chanceler José Serra ordenou levantamento de representações diplomáticas brasileiras a serem fechadas. Embaixadas na Ásia devem ser as mais afetadas, seguidas da África.
 
DETALHE QUE COMPROMETE
Ganhou padrão de primeiro mundo o novo salão de embarque internacional do terminal 2 do aeroporto do Galeão, no Rio. Já os banheiros e o sistema de som ainda estão no padrão Infraero.
 
ÁGUA E AZEITE
Sobre a fusão entre as centrais sindicais UGT e Força Sindical, Ricardo Patah avisou: “É uma possiblidade de médio a longo prazo”. A ideia inicial é combinar ações conjuntas. Unificação, só no futuro.
 
PÉ NO ACELERADOR
A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) quer apressar em vinte dias a votação do impeachment de Dilma. O relator Antônio Anastasia (PSDB-MG) quer votar no dia 2 de agosto. Tebet diz que 90 dias bastam.
 
PERGUNTA SUPREMA
Após o procurador-geral Rodrigo Janot ficar sabendo a opinião de Renan sobre seu caráter, em quanto tempo o senador vai réu no STF?
 
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!