Reuters - BTG Pactual vende fatia na Rede D'Or

02/12/2015 08:54

BTG Pactual vende fatia na Rede D'Or ao fundo GIC por R$2,38 bi

SÃO PAULO (Reuters) - O BTG Pactual vendeu fatia de 2,38 bilhões de reais em ações da Rede D'Or São Luiz ao fundo soberano de Cingapura GIC, que já tinha participação no negócio de hospitais, informou nesta quarta-feira o banco de investimento.

A divulgação confirma notícia publicada pela Reuters no último domingo. Uma fonte com conhecimento direto do assunto disse que o BTG venderia sua fatia de 12 por cento na maior rede de hospitais do país ao GIC.

 

As ações representam investimento proprietário do BTG e de terceiros, segundo comunicado do BTG.

 

A venda ao GIC, que já possuía 16 por cento na rede de hospitais, ocorre após a prisão do ex-presidente da instituição financeira, André Esteves, em 25 de novembro, em desdobramento da operação Lava Jato.

 

A venda da participação do BTG na rede de hospitais era negociada desde agosto, mas a prisão de Esteves acelerou as negociações, disseram anteriormente duas fontes com conhecimento do assunto.

 

O acordo pode ajudar o BTG Pactual a repor parte do dinheiro que deixou a instituição desde a detenção Esteves na quarta-feira passada.

 

O GIC havia pago 3,3 bilhões de reais pelos 16 por cento da Rede D'Or, em maio.

 

Em esclarecimento à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite de terça-feira, o BTG também disse que corriqueiramente adquire e cede carteiras de crédito, reafirmando que poderá realizar novas transações conforme surjam oportunidades atrativas.

 

Além disso, disse que a afirmação de notícia do jornal Valor Econômico de que "terá de vender ativos e encolher para sobreviver" é "nitidamente exagerada e sem qualquer fundamento em informações divulgadas pelo BTG Pactual, sendo que o BTG Pactual reitera que segue conduzindo normalmente suas operações e cumprindo com suas obrigações".

 

Duas fontes com conhecimento do assunto disseram à Reuters na segunda-feira que o BTG negocia a cessão de cerca de 4 bilhões de reais em operações de crédito aos rivais Itaú Unibanco e Bradesco.

 

 

Em comunicado separado, também divulgado na noite de terça-feira, o BTG disse ainda que não há, até o momento, qualquer definição sobre a compra da participação societária de André Esteves no BTG Pactual.

 

(Por Priscila Jordão)