Câmara ameaça parar até votar o Impeachment

11/09/2015 12:56

Coluna do Cláudio Humberto

CÂMARA AMEAÇA PARAR ATÉ VOTAR O IMPEACHMENT

Após o lançamento da campanha para destituir a presidente Dilma, nesta quinta-feira (10), a oposição articula obstrução e paralisação no exame de projetos de interesse do governo, até que o impeachment entre na pauta das discussões. Como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, líderes de oposição consideram que o governo Dilma “acabou” e sua permanência no cargo é altamente prejudicial ao País.

 

CORTES PROFUNDOS

O impasse pode abrir espaço para que o Congresso assuma o ônus de promover os cortes radicais de custos, no Executivo, que a crise exige.

 

IMPOSTOS, NÃO

Eduardo Cunha já avisou que a Câmara não aceitará projetos de aumento de impostos: “Sou radicalmente contrário”.

 

BOQUINHAS, NÃO

Dilma se recusa a acabar privilégios e até mordomias, como carro oficial, e a fazer cortes nas 100 mil boquinhas distribuídas a aliados.

 

NO CAFEZINHO

“Existe a conversa, não há nada decidido”, diz Rubens Bueno (PPS-PR). Ele considera essencial a adesão de Cunha à ideia.

 

MA: PREFEITOS SE FILIAM AO PSDB E ISOLAM DINO

O estilo de Flávio Dino (PCdoB) no governo Maranhão, mantendo distância da classe política, tem provocado um movimento de prefeitos, deputados e vereadores, único no País, que se filiam ao PSDB quase em massa. É como estivessem em busca de liderança política. Esse movimento fortalece o vice-governador tucano Carlos Brandão, que tem sido citado como candidato à sucessão de Flávio Dino, em 2018.

 

CAMPOS OPOSTOS

Em São Luís, Flávio Dino apoiará a reeleição do atual prefeito, do PDT, mas o vice tucano Carlos Brandão apresentará candidato do PSDB.

 

SENADOR FRUSTRADO

Flávio Dino não gosta de receber políticos e amigos: dizem que o seu sonho é se eleger senador. Governador, para ele, seria uma chatice.

 

PROJETO DE PODER

A filiação em massa ao PSDB tem a ver com as eleições de 2016. Seu presidente, Aécio Neves, quer candidaturas próprias em todo o País.

 

PRÓ IMPEACHMENT

Em menos de 24 horas, o abaixo-assinado contra Dilma lançado no site proimpeachment.com.br acumulou 200 mil assinaturas. O site foi criado por parlamentares da oposição e até da base aliada do governo.

 

DEVAGAR...

O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) avalia que ainda não está na hora de “envolver” o Senado no pedido de impeachment da presidente Dilma. Diz que primeiro o pedido precisa ser aprovado na Câmara.

 


...E SEMPRE

Para ilustrar a cautela, o deputado Lúcio Vieira Lima diz que se “abraçar tudo de uma vez, acaba dando errado” e exemplifica: “o pato faz três coisas e por isso faz tudo mal. Anda mal, nada mal e voa mal”.

 

MÃO ESTENDIDA

A Frente Parlamentar da Agropecuária, uma das mais influentes do Congresso Nacional, comunicou ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que apoia a sua permanência no cargo.

 

PAVÃO NA LIDERANÇA

A insatisfação com líderes da Câmara tornou-se regra: agora, tucanos reclamam do deputado Carlos Sampaio (SP), a quem chamam de “pavão”. Acusam-no inclusive de ser grosseiro com os liderados.

 

UBER VENCERÁ

Políticos oportunistas tentam suprimir o direito de escolha dos cidadãos. Um parecer da comissão de juristas da OAB-DF indica que é inconstitucional proibir o aplicativo, o que deve ser anulado na Justiça.

 

VAREJO

O ministro Henrique Alves (Turismo) reina na distribuição de cargos com interesse eleitoral. Nomeou para sua assessoria a irmã de um aliado, o deputado estadual Ricardo Motta (Pros-RN).

 

TROCA-TROCA

Carlos Lupi disparou convite a parlamentares para a filiação, próximo dia 16, dos ex-governadores do Ceará Ciro e Cid Gomes ao PDT. Os dois irmãos são conhecidos pela “maleabilidade” partidária.

 

DOENÇA OU LOROTA?

Lula disse que o Brasil virou “país sério” e “dono do nariz” quando recebeu grau de investimento, em 2008. Agora que o perdeu, segundo Lula, “não significa nada”.

 

Fonte: www.diariodopoder.com.br

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!