Coluna de Cláudio Humberto

23/11/2015 08:25

BLOQUEIO DE BENS PELO TCU PODE ATINGIR DILMA
Os bens dos integrantes do conselho de administração da Petrobras, na época da compra da refinaria americana de Pasadena, poderão ter os bens bloqueados, como já aconteceu aos membros da diretoria executiva da Petrobras, caso os ministros do Tribunal de Contas da União decidam responsabilizá-los pelo negócio considerado lesivo. Entre os conselheiros, está Dilma Rousseff, que o presidia na ocasião.

TUDO COMBINADO
O envolvimento dos colegiados foi combinado: o conselho referendou a operação de Pasadena já no dia seguinte ao fechamento do negócio.

BATOM NA CUECA
Essa pressa do conselho de administração de referendar a compra de Pasadena representa uma espécie de “batom na cueca” de Dilma.

VAI SER UMA BATALHA
Um ministro do TCU admitiu em off a possibilidade de a presidente Dilma ter seus bens bloqueados, mas admite: “Vai ser uma batalha”.

R$3 BI NOS BOLSOS
A compra superfaturada de Pasadena, incluindo as propinas, lesou o País em US$ 796 milhões (ou R$ 3 bilhões), segundo estima o TCU.

DILMA QUASE DEMITIU O COMANDANTE DO EXÉRCITO
Certamente à procura de crises, como se achasse pouco a atual, Dilma quase demitiu o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, por ele divergir de eventual emprego de tropas contra manifestações pelo impeachment, dia 15 passado. Tudo foi superado a tempo, até com a mediação do ministro Aldo Rebelo (Defesa), cuja assessoria nega o caso. Mas os gritos de Madame ainda ecoam no Planalto.

PUNIÇÃO ‘AMENA’
Dilma anda com o general Villas Bôas entalado: ela achou “amena” a punição ao general rebelde Antônio Mourão, crítico do seu governo.

MAIS UM
Por autorizar um tributo ao coronel Brilhante Ustra, suposto torturador, o general Mourão foi destituído do III Exército para virar um burocrata.

OS ‘INTOCÁVEIS’
Dilma também não gostou quando Villas Boas cumpriu a lei e cassou medalhas militares de mensaleiros tipo Genoino e João Paulo Cunha.

VOLUME MORTO
Paulinho da Força (Solidariedade-SP) acha que os tucanos desistiram do impeachment. “Fizeram acordo para aliviar com Dilma e apertar Lula, acreditando que Dilma está morta. PSDB pulou do barco.”

VISIONÁRIOS?
Apesar da crise econômica e com taxa de desemprego quase o dobro do início do ano, estrangeiros de Estados Unidos e Reino Unido foram os que mais receberam autorizações de trabalho no Brasil em 2015.

BOCA LIVRE ADIADA
Convidada para jantar dom Dilma, quarta (18), a bancada do PDT no Congresso passou vexame. Primeiro, a anfitriã não se encontrava no Palácio Alvorada, local da boca livre, e depois ainda receberam ordem para voltar ao Congresso para a sessão de votação em curso.

ELES ESCAPARAM
Os senadores Cristovam Buarque e Antônio Reguffe, do DF, são os únicos da bancada do PDT que não passaram vergonha com o jantar frustrado com Dilma. Não foram porque divergem do apoio ao governo.

QUE OPOSIÇÃO?
Os tucanos paulistas não pouparam críticas ao líder da bancada na Câmara, Carlos Sampaio (SP). Ele é acusado de ser o responsável pela fraca atuação da oposição neste ano, dando fôlego à Dilma.

ESCOLHA DE SOFIA
Deputados petistas no Conselho de Ética da Câmara preferem esvaziar as reuniões a votar a favor de Eduardo Cunha no processo por quebra de decoro. O ex-presidente Lula defende que votem a favor de Cunha.

DINHEIRO AÍ
O governo liberou cargos e emendas para deputados do PSD da Bahia, Sergipe e São Paulo. Os cariocas, donos da maior bancada do partido com 6 deputados, não foram contemplados e andam insatisfeitos.

BANCADA INFIEL
Dilma teria motivo de sobra para celebrar a manutenção do veto ao reajuste do Judiciário, mas ficou insatisfeita. Mesmo com a reforma ministerial, o governo venceu por apenas 6 votos.

PERGUNTA NA JUSTIÇA
Qual tragédia vai demorar mais tempo para ser limpa: a lama em Mariana ou a “lama” na Petrobras?


 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!