Coluna do Cláudio Humberto - Diário do Poder

24/09/2017 04:02
24 DE SETEMBRO DE 2017
NO NORTE, 71% DOS JUÍZES GANHAM ACIMA DO TETO
A população do Acre e de Roraima, tem baixíssimo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), mas seus 172 juízes e desembargadores (inclusive aposentados) não têm do que se queixar. Do total, 122 (70,9%) receberam em julho mais que o limite constitucional. Chama atenção o caso de um desembargador de Roraima que recebeu R$ 107 mil, com “desconto” por conta do teto constitucional de apenas R$2.
   
ABUSO IMPARÁVEL
Roraima tem 60 magistrados na folha, dos quais 36 (60%) receberam acima do teto e apenas dois tiveram desconto. No valor de R$ 2,03.
   
TETO PRA QUÊ?
Cada magistrado em Roraima recebeu em média R$ 35,6 mil. No Acre, a média foi ainda maior, R$37,1 mil, ambas acima do teto constitucional
   
AINDA PIOR
Dos 112 magistrados do Acre, 86 (76,7% do total) não respeitaram o teto e apenas cinco tiveram algum abatimento no salário.
   
TESOURA À VISTA
Os privilégios em tribunais de justiça de todo o País estão sob exame do Tribunal de Contas da União e do Conselho Nacional de Justiça.
   
TORCIDA NO CONGRESSO É PELA ‘NORMALIDADE’
Funcionários e parlamentares torcem pelo “retorno da normalidade” no Congresso, que entrou em parafuso desde a divulgação do grampo e das delações de Joesley Batista, do grupo J&F/JBS, seu irmão Wesley, além do lobista do grupo. O ritmo habitual da Câmara e do Senado é de trabalho legislativo apenas entre terça e quinta-feira, com trabalho “extraordinário” relegado às segundas. Sextas nunca mais.
   
SEXTA É FOLGA
Após o debacle da delação da JBS o clima ficou mais leve e deputados sequer trabalharam sexta, apesar da segunda denúncia contra Temer.
   
MUDOU MUITO
A primeira denúncia, ao contrário da segunda, levou pânico ao governo e euforia à oposição, mas agora a história é favorável ao Planalto.
   
PRESIDENTE BLINDADO
Deputados governistas alegam que a segunda denúncia contra Temer é prejudicada pela mistura que faz com fatos anteriores ao mandato.
   
QUEM TRABALHA
Celso Jacob (PMDB-RJ), um dos únicos a bater o ponto na Câmara dos Deputados na sexta (22), só foi trabalhar porque está preso na Papuda, condenado por falsificar documento e fraudar licitação.
   
CORTESIA BRASILEIRA
Em Berlim como observador das eleições, o ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi convidado a se hospedar na residência do embaixador do Brasil, Mário Vilalva.
   
PARTIDO DE CONDENADOS
Petistas expulsam filiados como Delcídio Amaral e Antonio Palocci que denunciam falcatruas no PT. Os já condenados por graves crimes, por sua vez, como José Dirceu e Delúbio Soares, são até homenageados.
   
OPÇÃO INTERESSANTE
Projeto do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) é uma alternativa ao “fundão” de financiamento eleitoral: prevê o fim da propaganda de rádio e TV e o uso do dinheiro, R$1,5 bilhão, para o TSE distribuir na eleição.
   
BURRADA
A Associação de Comércio Online diz que 60% da demanda dos Correios se refere a entregas do e-commerce. Ainda assim, a estatal acabou o e-Sedex, que entregava (com desconto) compras na internet.
   
QUEDA INÉDITA
O custo do item “Pessoal Ativo da União” da Câmara dos Deputados caiu de valor, segundo o orçamento previsto para 2018. Em 2017 o aprovado foi R$ 2,780 bilhões, em 2018 caiu para R$ 2,762 bilhões.
   
MANOBRA CONTRA ABORTO
Será votado no dia 4 um “jabuti” de Jorge Mudalen (DEM-SP) numa PEC sobre licença-maternidade. Na prática seria uma manobra para abrir brechas à proibição do aborto em qualquer circunstância.
   
PARA QUE A PRESSA?
Pergunta o leitor Cláudio Aranha, intrigado com os ritos e prazos da Justiça Eleitoral: qual a necessidade de se conhecer o eleito no mesmo dia da votação, se a posse será só três meses depois?
   
PENSANDO BEM...
...o governo não tem votos para mudar a Previdência, assim como a Previdência não tem grana para se sustentar.
 
 
   

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!