Coluna do Cláudio Humberto

18/08/2015 09:35

Coluna do Cláudio Humberto

DILMA SEGURA VERBAS E HUMILHA AS EMBAIXADAS

“A política externa brasileira está limitada a convencer fornecedores a não cortarem serviços de água, luz, telefone, jornais etc”. O desabafo do embaixador, em um dos mais importantes países do hemisfério norte, ilustra a penúria dos postos no exterior, que acumulam vexames e humilhações em países como Estados Unidos, onde não se tolera o calote. É a própria Dilma quem segura as verbas. Agosto se aproxima do final e ainda não foram liberados recursos para despesas de junho.

 

AVERSÃO SEM SENTIDO

Dilma não esconde sua aversão a diplomatas, muito embora deles se sirva frequentemente com arrogância e grosserias, nas visitas oficiais.

 

CARROS NA GARAGEM

Carros dos postos diplomáticos do Brasil nos EUA estão trancados nas garagens porque não há dinheiro nem para o obrigatório seguro.

 

DIA 7 EM BRANCO

A situação é tão crítica que não há dinheiro nem para o tradicional coquetel oferecido ao corpo diplomático para celebrar o 7 de Setembro.

 

CALOTE LÁ E CÁ

Servidores da Presidência e da Vice estão há três meses sem receber do Itamaraty as diárias de viagens de Dilma e Michel Temer ao exterior.

 

CPI DOS FUNDOS DE PENSÃO SE CONCENTRA NO PT

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga irregularidades nos fundos de pensão iniciará os trabalhos, nesta semana, concentrada em denúncias de aposentados e pensionistas do Petros, fundo de pensão da Petrobras. A ideia é aproveitar os escândalos de corrupção no governo e pressionar o PT de Lula, cujos dirigentes mandam no Petros. “Sabemos que há indícios fortes de corrupção”, avisou o relator da CPI.

 

ACORDO DE CAVALHEIROS

O “foco” da CPI dos Fundos trata-se de acordo entre Eduardo Cunha e o DEM, que comanda a comissão sob condição de “arrochar” o PT.

 

BRAÇO AMIGO

Os principais cargos do Petros são divididos entre petistas ligados à Central Única dos Trabalhadores (CUT), braço sindical do PT.

 

FIO DO NOVELO

O Petros é alvo da Lava Jato após acusação de que o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto intermediava negócios no fundo de pensão.

 

O ACORDÃO

Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) profetizou, sobre a “Agenda Brasil”, pacote do Senado “para salvar o governo Dilma”: “Primeiro o mensalão, depois o petrolão, agora vem aí o terceiro escândalo… o acordão!”

 

MUDOU PARA O MESMO

Não houve mudanças passados dois meses desde a escolha de Antônio Rubens Silvino para presidir a Transpetro. Todos os diretores são os mesmos. E todos ligados ao ex-presidente enrolado Sérgio Machado.

 

SOLITÁRIA

Lula critica o isolamento de Dilma no Palácio da Alvorada. Quando era presidente, disse ele, costumava “até pescar no palácio”. Dilma, na visão do ex-presidente, prefere permanecer enfurnada nos quartos.

 

MUITO DIFÍCIL

Após o balanço das manifestações de domingo, Dilma concluiu que precisa “afastar de vez” o fantasma do impeachment. Ela iniciou ontem conversas para agilizar a reforma ministerial, apaziguar ânimos entre partidos aliados com cargos, e ter bancada “100% fiel” na Câmara.

 

AZEITOU, ENCAIXOU

A filiação da senadora Marta Suplicy (ex-PT-SP) ao PMDB de Michel Temer foi “azeitada” pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que diminuiu, e muito, a resistência do partido à ex-prefeita.

 

JÁ ENTROU

Marta espera disputar a prefeitura de São Paulo, mas terá de disputar prévias com o preferido do PMDB, Paulo Skaf, presidente da Fiesp. Ela até já participa de reuniões do partido: foi a um encontro no dia 12.

 

BARRIGA CHEIA

De janeiro a julho, os 513 deputados federais gastaram R$ 1,13 milhão em restaurantes, segundo a Operação Política Supervisionada (OPS). Em relação a 2014, houve aumento de 21,5% dos gastos (R$ 197,2 mil).

 

MOEDA FRACA

Não é só para o dólar que o real vem perdendo valor (30,4% desde o início do ano): o euro se valorizou mais de 22% em comparação ao real e a libra, 32,9%. Até o peso argentino bateu o real e cresceu 22,5%.

 

PENSANDO BEM...

...deve ter sido num terreiro de macumba o despacho de Dilma no domingo (16) no Planalto, enquanto milhares nas ruas pediam seu impeachment.

 

Fonte: www.diariodopoder.com.br

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!