Deputado Evaldo Gomes do PTC

27/09/2015 16:37

Evaldo Gomes diz que não possui problemas com Firmino Filho

O deputado estadual e presidente do PTC do Piauí, Evaldo Gomes, afirmou que não possui arestas pessoais com o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB). Ele esclareceu que a única discordância se dá na esfera administrativa por não concordar com a forma tucana de comandar a cidade. Gomes disse que essa discordância o levou a submeter o próprio nome a avaliação dos teresinenses na disputa pelo Palácio da Cidade ano que vem.

 

Evaldo Gomes

"Não temos arestas com qualquer partido que seja, inclusive, com o próprio prefeito de Teresina. Não temos nenhuma questão pessoal contra o Firmino. A divergência que temos é com PSDB e com ele [Firmino Filho] se refere a administração do município, em termos de gestão. Foi por isso que decidimos nos colocar como pré-candidato a prefeito de Teresina em 2016 e confrontar o prefeito atual da cidade. Por onde andamos sentimos a necessidade de construir um novo projeto para os teresinenses”, destacou o deputado.

 

Diálogo
Evaldo reafirmou que tem conseguido abrir diálogo com vários partidos acerca da possibilidade de apoio no próximo ano. "Temos procurado conversar com diversos partidos. Em todas essas ocasiões, mostramos como nossa pré-candidatura poderá ser viável. Se o povo admite avaliar qualquer outro nome é porque não está satisfeito com o que tem sido oferecido pela gestão atual. Mesmo o prefeito Firmino Filho possuindo uma base política ampla, não tem impedido o surgimento do desejo de outras alternativas”, colocou.

 

Equipe técnica

O deputado Evaldo Gomes ainda afirmou que no ano que vem vai reunir equipe técnica para fazer um levantamento das promessas feitas por Firmino Filho em 2012 e que não foram postas em prática. 

O parlamentar explicou que no momento em que a lei permite, vai reunir todos os dados coletados para montar o Plano de Governo em cima do que foi prometido aos teresinenses, mas não foi cumprido.

 

Evaldo Gomes

 

"Vamos reunir técnicos, pessoas com preparo que podem construir o nosso Plano de Governo em 2016, claro no tempo em que a lei permitir. Com esses profissionais, vamos fazer um levantamento do que Firmino prometeu em 2012, mas não fez. O incrível é que no ano que vem ele vai propor as mesmas coisas, vai vir com as mesmas promessas. Portanto, vamos colocar em nosso Plano tudo o que ele não fez e claro, incrementar com outras propostas mais consistentes, adiantou.

 

Perfil popular

 

O presidente do Partido Trabalhista Cristão se descreve como um pré-candidato com perfil popular. "Temos um perfil de um mandato popular, ou seja, temos como prioridade, sobretudo, a população. Para mim, Teresina é a população que, aliás, é o maior patrimônio da cidade. É para ela que vamos trabalhar em 2016”, disse.

 

Descaso com servidores

Evaldo Gomes também declarou que os servidores municipais não são priorizados na administração tucana e sofrem, dentre outras coisas, com salários defasados.

 

"Os servidores públicos tem sido abandonados pela administração municipal. A cada ano eles perdem o poder de compra com salários que não são reajustados da maneira adequada. Esses servidores nunca tiveram a oportunidade, nem nessa gestão e nem em outras do PSDB, de ocupar cargos, espaços na administração e nunca puderam ser coordenadores, gerentes ou colaboradores na prefeitura. Nós pensamos diferente, pois esses trabalhadores podem sim, contribuir sobremaneira com o desenvolvimento da nossa Capital, acredita Gomes.

 

 

Fonte: Portal Gp1 e Carta Piauí