Dilma contraria Levy e estabelece meta fiscal de 0,5

15/12/2015 19:30

Dilma contraria Levy e estabelece meta fiscal de 0,5% para 2016

A presidente Dilma Rousseff contrariou o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e estabeleceu a meta de superávit primário de 0,5% do PIB. O percentual defendido por ele era de 0,7%.

O governo enviou nesta terça-feira (15) ao Congresso meta de superávit primário de 0,5% do PIB sendo R$ 24 bilhões da União e R$ 6 bilhões de estados e municípios. Porém, poderá o governo reduzir e até zerar a economia prevista para o ano que vem.

O texto enviado pelo governo prevê que o Executivo poderá gastar até R$ 30 bilhões no ano que vem com despesas como frustração de receitas, pagamento de restos a pagar, ações de vigilância sanitária e controle de endemias, como no caso do zika vírus, financiamento do SUS, combate à seca e a desastres naturais.

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!