Dom Lebrun: Nossas armas são a oração e a fraternidade entre os homens

27/07/2016 08:59
Dom Lebrun: "Nossas armas são a oração e a fraternidade entre os homens"
 
Rádio Vaticana
Cracóvia (RV) – O Arcebispo de Rouen, Dominique Lebrun, presente em Cracóvia para a Jornada Mundial da Juventude, divulgou um comunicado através do Twitter da Igreja católica na França (@eglisecatho), após tomar conhecimento do assassinato do sacerdote Jacques Hamel, na Igreja Saint-Etienne-du-Rouvray.
 
“De Cracóvia soube da matança ocorrida esta manhã na Igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray. As três vítimas: o sacerdote, Padre Jacques Hamel, 84, e os autores do assassinato. Três outras pessoas ficaram feridas,  sendo uma delas gravemente. Eu clamo a Deus com todos os homens de boa vontade. Convido os não-crentes para participarem deste clamor! Com os jovens da JMJ, nós rezamos como rezávamos junto ao túmulo do Padre Popielusko, em Varsóvia, assassinado durante o regime comunista”.
 
“O Vigário Geral, Padre Philippe Maheut, chegou à Igreja Saint-Etienne-du-Rouvray momentos após o ataque, disse o Arcebispo.  Eu estarei na noite de hoje em minha Diocese junto às famílias e à comunidade paroquial que está chocada. A Igreja Católica não pode usar outras armas que a oração e a fraternidade entre os homens. Eu deixo aqui centenas de jovens que são o futuro da humanidade, é verdade. Peço-lhes para não ceder à violência e se tornarem apóstolos da civilização do amor”.