Edson Ferreira avalia que Dilma perdeu o controle e crise vai se agravar

10/09/2015 22:12

Edson Ferreira avalia que Dilma perdeu o controle e crise vai se agravar

O deputado estadual Edson Ferreira (PSD) fez hoje (10) uma longa avaliação do atual cenário político e econômico do país, admitindo que a crise é complicada e vai se agravar ainda mais nos próximos meses, caso o governo da presidente Dilma Rousseff não adote atitudes firmes, necessárias para recuperar a credibilidade do Brasil no exterior.

“O ministro Joaquim Levy se tornou voz isolada, faz papel de bobo e ninguém o escuta. A tragédia anunciada se tornou real, tanto que a Dilma convocou uma reunião de emergência para tentar diminuir o impacto do rebaixamento da nota do Brasil e a redução da queda da credibilidade do Brasil no exterior”, lamentou.

O deputado citou a alta do dólar e a intervenção do Banco Central, que se viu obrigado a entrar no mercado financeiro com mais de R$ 1,2 bilhão de suas reservas para conter a alta da moeda americana. O dólar bateu os R$ 4,15 para venda nesta quinta-feira.

Edson Ferreira denunciou a grave situação enfrentada pelos prefeitos municipais, que amargam perdas sucessivas nos repasses do Fundo de Participação - a queda foi de 27% somente na parcela creditada hoje nas contas das prefeituras - ficando impossibilitados de honrar compromissos, como a folha de pagamento dos servidores públicos e as contribuições para o INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).

“A presidente Dilma precisa parar de brincar de governar. Prometeu cortar dez ministérios, propôs a Agenda Brasil, quis reeditar a CPMF e depois mudou de opinião, ninguém se entende. É um governo frágil com impacto negativo e direto para a população. E a crise que já é grave tende a se tornar cada vez mais difícil para o povo brasileiro”, previu. Apartearam o discurso de Edson Ferreira os deputados Rubem Martins (PSB), Dr. Pessoa (PSD), Georgiano Neto (PSD), Francis Lopes (PRP), Antonio Félix (PSD) e Gustavo Neiva (PSB), que também se mostraram preocupados com a situação política e econômica vivida no país.

“Dilma perdeu o controle, é um governo frágil e sem perspectivas. O país está derretendo, como uma pedra de gelo no meio do sol quente”, comparou Edson Ferreira.

 

Com informações de Paulo Pincel     Edição: Caio Bruno

 

Clique, acesse e leia diariamente www.alepi.pi.gov.br