Época: MPF aponta Lobão como elo entre esquemas

08/11/2015 12:00

Época: MPF aponta Lobão como elo entre esquemas

Documento sobre propinas na Petrobras e na Eletronuclear cita senador do PMDB

 

- O Globo

 

-SÃO PAULO e BRASÍLIA - Documento enviado pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal aponta o senador Edison Lobão (PMDB-MA) como o elo entre os esquemas de corrupção na Petrobras e na Eletronuclear. Os registros, que chegam a 62 páginas, foram revelados pela revista “Época”.

 

Um dos trechos diz: “Dentre os políticos do PMDB que obtiveram vantagens indevidas advindas da Eletronuclear e da Petrobras, com o aprofundamento das investigações, é possível apontar o ex-ministro de Minas e Energia (e senador) Edison Lobão como um dos vários pontos comuns (ápice da pirâmide no âmbito do Ministério das Minas e Energia) que formam uma área de intersecção crescente das duas investigações em andamento”.


Para chegar a essa conclusão, segundo a revista, a Procuradoria baseou-se, entre outras informações, em trechos da delação de Luiz Carlos Martins, funcionário da Camargo Corrêa. Além de Martins, o dono da UTC, Ricardo Pessoa, outro delator, já havia falado sobre o pagamento de R$ 1 milhão a Lobão em um esquema envolvendo contratos de Angra 3.

O advogado do senador, Antonio Carlos de Almeida Castro, disse que a defesa está fazendo uma série de questionamentos sobre a validade das delações e que não faria comentário específico sobre o documento.