FHC e Aécio dizem que Dilma já não governa o país

18/10/2015 21:27

FHC e Aécio dizem a jornais argentinos que Dilma já não governa o país

"Seria melhor para a história e para ela dizer: 'Eu renuncio'", afirma o ex-presidente

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, disseram, em entrevistas a jornais argentinos no sábado e no domingo, que a presidente da República, Dilma Rousseff, já não governa o País.

Fernando Henrique Cardoso e Aécio Neves, em São Paulo

(Com Estadão Conteúdo)

 

Aécio Neves disse em entrevista veiculada neste domingo pelo La Nacion que Dilma Rousseff apenas está cumprindo com os ritos constitucionais. "Ela entregou todo o poder aos membros da base aliada, ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que desprezou durante seu primeiro mandato, e transferiu a liderança política ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seu mentor", afirmou Aécio.

 

O tucano disse também que Dilma teria terceirizado a gestão da economia a Joaquim Levy, uma pessoa que sempre defendeu uma tese que ela mesma rejeitava, em suas palavras. "Está muito enfraquecida, já não tem mais a confiança de ninguém", disse Neves.

 

Na entrevista, Neves cita um projeto de poder do PT. "O PT manipulou os indicadores fiscais e sociais, interferiu nas empresas públicas para financiar suas campanhas eleitorais. Todas essas ações atingiram o seu nível mais elevado no ano passado, para garantir a reeleição de Dilma", disse, conforme a publicação.

 

Já FHC disse ao Clarín que Dilma "pode seguir governando, mas já não governa". Ele afirmou ainda que não há nenhum golpe de Estado do Brasil.

"Acredito que seria melhor para a história e para ela dizer: "Eu renuncio, com a condição de que seja feita uma reforma política tal e qual. Em outras palavras, um gesto de grandeza", disse FHC ao diário argentino.

 

Fonte: Site da Revista Veja