Insana sede de Poder

12/08/2015 18:40

Por Josenildo Melo

                                               INSANA SEDE DE PODER?

 

            Jesus era realmente sábio e divino. O poder e o dinheiro provocam insanidade e cegueira. Quem nunca teve o que não tinha são exemplos de mudança comportamental diariamente; falar em contextualização social pra esse povo é falácia. O poder cria hábitos e o principal deles é o distanciar-se do sofrimento alheio e pessoal. E o pior; o cinismo é a marca!

            Deus foi extremamente inteligente ao deixar o marco da morte como parâmetro nivelador de classes; já pensou se este povo não mais morresse? Muitos insanos do poder chegam a imaginar que o próprio céu já é aqui mesmo na terra. E a cegueira? Atualmente estão tentando convencer um presidente de poder local que tudo está calmo e sem crise? A questão nacional logo respingará localmente e quem tentar salvar vai terminar afogando com eles?

            O poder também tem suas nuances de aprendizado e sabedoria. Agora o mais importante é que chega um momento que nem o dinheiro resolve. Quando dar pra um único senador de um pequeno partido sair da base; existe ou não crise? É preciso realmente muita insanidade e cegueira pra cair no “golpe” da aproximação. Os Jornais nacionais e grandes jornalistas bem informados escrevem e apontam caminhos de uma crise realmente existente!

            O momento deve ser de sabedoria local e nacional. Quem tentar salvar a pele de inimigos terminará caindo junto com eles. Quem não percebe que tudo que vai acontecer é devidamente calculado e programado? A quem esta turma realmente amparou e socorreu? São mestres na arte de fazer política e andam passando noites sem dormir; procurando através do dinheiro algum bobo? O lobo que cair na falácia de compartilhar poder perderá o poder?

            Que nada; o que vocês entendem de poder? Roma é uma cidade conhecida pelo aprendizado do poder. Tem pessoas que precisam conchavar menos e compreender um pouco mais a dimensão do poder. É muita loucura querer agora apoiar quem a menos de 08 meses queria tomar o seu poder? Dia 16 de agosto de 2015 é o termômetro da observação de poder!

            O QUE É O PODER? Segundo Nildo Viana Muito se fala no poder nas universidades, nos meios de comunicação de massas, nos meios políticos. Alguns querem conquistá-lo, outros querem destruí-lo. Entretanto, poucos definem com clareza o que se entende por poder. Foucault afirma que ele é uma “relação de forças”, mas nunca dizem quais são estas forças que se relacionam e em que elas consistem. O “marxista”-estruturalista Nicos Poulantzas coloca que o poder é resultado da exploração de classe. E vemos assim um sem número de definições imprecisas e que não conseguem revelar o verdadeiro caráter deste fenômeno social.

O poder só pode ser compreendido como uma relação social. Ocorre, porém, que tudo que existe na sociedade é uma relação social. O que importa saber é que tipo de relação social específica constitui o poder. O poder é uma relação social de dominação, o que implica na existência de dominantes e dominados. Os dominantes, nesta relação, exercem a dominação sobre os dominados. Sair da condição de Poderoso e tornar-se mero figurante é bom ou ruim?

Tudo que acontece nos bastidores é perceptível através de uma inteligência milenar. Fazer esforço concentrado em defesa do indefensável é loucura; é insanidade e cegueira. Mas cada um sabe o que faz; o certo é que se o planejado estrategicamente durante as noites de sono acontecer; adeus lealdade. A primeira tentativa de derrubada de poder será contra o apoiador de hoje? Sem dúvidas. Lealdade é apenas uma ficção ideológica no mundo político. Eis a verdade!

Tentar salvar o insalvável é insanidade ou excesso de “cegueira” perante o poder?

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!