Líder do PT chama manifestantes pró-impeachment de vagabundos

28/10/2015 15:53

Ao ouvir palavras contra o PT, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, Sibá Machado usou microfone do plenário para disparar contra os manifestantes

Igor Gadelha - O Estado de S. Paulo

 

BRASÍLIA - O líder do PT na Câmara dos Deputados, Sibá Machado (AC), chamou de "vagabundos" manifestantes do Movimento Brasil Livre (MBL) que protestavam nas galerias da Casa durante a sessão plenária desta terça-feira, 27. O protesto pedia o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

 

Ao ouvir palavras contra o PT, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, Machado usou microfone do plenário para disparar contra os manifestantes. "Vou botar vocês para correr daqui da frente do Congresso, bando de vagabundos", afirmou. "Vamos para o pau na frente do Congresso", emendou o petista.

 

Durante o ato, os manifestantes chegaram a erguer uma grande faixa pedindo o afastamento da petista. Após atrapalharem a sessão com gritos, contudo, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pediu a retirada deles das galerias. Revoltados, ele deixaram o local com gritos de "Fora, Cunha".

 

Como mostrou o Brodadcast na semana passada, manifestantes do MBL estão acampados no gramado em frente à Câmara desde a última quarta-feira, 21, com a autorização de Cunha. O peemedebista autorizou o acampamento contrariando ato do Congresso Nacional de agosto de 2001, que proíbe montagem de tendas ou similares no gramado em frente ao Congresso.

 

Por meio de sua assessoria, o presidente da Câmara disse que autorizou o protesto no gramado como faria com "qualquer outro movimento que não esteja sob riscos de segurança nem coloquem em risco as pessoas que circulam pelo local, respeite o patrimônio público, as normas de trânsito e não tenha natureza hostil".


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!