No PSB Rebelo tem tudo para virar vice do PSDB

26/09/2017 05:01
26 DE SETEMBRO DE 2017
Imagem relacionada
NO PSB, REBELO TEM TUDO PARA VIRAR VICE DO PSDB
Ex-presidente da Câmara, o alagoano Aldo Rebelo abandona o PCdoB para se filiar ao PSB nesta terça (26). A estratégia do seu novo partido é atrair nomes de peso, de olho nas eleições de 2018: o PSB quer a vaga de vice na chapa tucana de presidente, encabeçada por Geraldo Alckmin. O vice-governador paulista Márcio França é entusiasta e um dos articuladores da filiação de Aldo Rebelo, às 14h, em Brasília.
   
OLHO NO NORDESTE
A disputa entre João Doria e Geraldo Alckmin pela candidatura tucana fortalece a necessidade de um vice nordestino e à esquerda do PSDB.
   
RESPALDO
O comunista Aldo Rebelo tem respaldo nos movimentos sociais e fez amigos e admiradores no meio militar, quando foi ministro da Defesa.
   
A HISTÓRIA AJUDA
O pai de Aldo era vaqueiro de Teotônio Villela, na fazenda Boa Sorte, em Viçosa. O “menestrel das Alagoas” o estimava como a um filho.
   
SIMPATIA É QUASE AMOR
A opção pelo PSB certamente nasceu de sua forte amizade ao falecido governador Eduardo Campos (PE), que foi presidente do partido.
   
CONVOCAÇÃO DE MEIRELLES MOVIMENTA CPI DA JBS
Requerimento do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), que propõe a convocação do ministro Henrique Meirelles (Fazenda), movimenta a CPI da JBS esta semana. Polêmica, a proposta tem chances modestas de aprovação, segundo importante membro da comissão. Meirelles presidiu o conselho de administração do grupo J&F, mas não pesa contra ele suspeita de envolvimento nas maracutaias de Joesley & cia.
   
BEM NA FOTO
Joesley pediu a Temer, na célebre gravação, para fazer gestões junto a Meirelles. Isso pode isentar o ministro de suspeitas em relação à JBS.
   
LULA NA PAUTA
Também a convocação do ex-presidente Lula, proposta pelo deputado João Gualberto (PSDB-BA), está pronta para ser votada na CPI.
   
QUEBRA DE SIGILO
Um “pacto de não-agressão” entre PT e PMDB pode não incluir a quebra de sigilo dos aportes bilionários do BNDES no grupo J&F/JBS.
   
CORTE ESPECIAL
Além dos 36 magistrados que receberam acima do teto constitucional, o Tribunal de Justiça de Roraima pagou mais que o teto a 18 funcionários. Em média, receberam R$40 mil ao mês, cada um deles.
   
MANDOU MAL
O governador de São Paulo perdeu outra chance de melhorar o sofrível desempenho no Nordeste: cancelou sua ida ao Fórum Nordeste, que reuniu no Recife líderes políticos e empresariais. Há alguns anos, ele tentou ficar conhecido na região apenas por “Geraldo”. Não deu certo.
   
GENTIL CAVALHEIRO
Um grupo de turistas que no fim de semana quis conhecer o Tribunal Superior do Trabalho (TST) em Brasília, teve uma baita surpresa: foram ciceroneados pelo próprio presidente, ministro Ives Gandra Filho.
   
NÃO DÁ MAIS PARA SEGURAR
Sindicatos só divulgam dados financeiros da Previdência até 2015. É que, de 2016 para cá, já não dá para maquiar o déficit que negam com veemência, na pregação contra a reforma que, com certeza, vai reduzir aposentadorias nababescas de uma ou outra categoria “de Estado”.
   
FICOU PARA DEPOIS
Funcionários da Chesf pressionaram o ministro Fernando Filho (Minas e Energia), durante o Fórum Nordeste, a não privatizar a estatal, como se isso dependesse dele. Ele prometeu receber o grupo depois.
   
SEM MARINA
O PSDB se aliou ao PSB na disputa vitoriosa pelo governo paulista, em 2014. A ideia é repetir a aliança em escala nacional. Mas sem Marina Silva, que herdou a vaga de Eduardo Campos, falecido em 2014.
   
SUBIU NO TELHADO
Deputados garantem que está marcada para esta terça (26) a conclusão da votação da reforma política. Mas não há acordo sobre qualquer matéria relevante. Só o “fundão” agrada a uma grande parte.
   
HIPOCRISIA DO ASFALTO
Delegado de Polícia Civil, jornalista e poeta, Miguel Lucena tem baixa tolerância ao fingimento, na guerra de traficantes em favelas cariocas: “É muita hipocrisia cheirar pó e depois pedir paz no Rio”
   
PERGUNTA NO FOGO CRUZADO
Em vez de “Fora Temer”, que mandou o Exército à Rocinha, a turma bronzeada do Rock in Rio não deveria ter gritado “Fora Tráfico”?
 
 
Fonte: Diário do Poder
Coluna do Cláudio Humberto
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!