O bom Jornalismo e a busca da Verdade

10/10/2017 05:15
O bom Jornalismo e a busca da Verdade
Resultado de imagem para diário do povo
Presidente do Jornal Diário do Povo - Fábio de Melo Sérvio - Fazendo o jornalismo necessário à sociedade
 
Editorial do Jornal Diário do Povo do Piauí
 
Qualquer pesquisa que se faça para descobrir o que vem a ser Jornalismo investigativo terá como resposta ser a prática da reportagem voltada para o desvendamento de casos ocultos do conhecimento público. Os profissionais que praticam essa linha de profissão normalmente são questionados sobre os métodos utilizados e, aos que desgostam, aparecem como verdadeiros algozes, cuja imagem precisa ser desacreditada para que o assunto que divulgaram caia no esquecimento ou no descrédito.
 
Contudo, desde a época do Caso Watergate, quando dois repórteres do Jornal Washington Post realizaram a investigação que retirou do poder o ex-presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, essa vertente do jornalismo vem contribuindo para denunciar, muitas vezes punir, os responsáveis por crimes e casos de corrupção que tenham interesse público sendo, consequentemente, notícia.
 
É exatamento esse interesse público que o Código de Ética dos Jornalistas faculta aos profissionais que praticam o jornalismo investigativo, dentro do viés da seriedade e de sempre baseado em provas, sejam elas, físicas, documentais, ou ainda através de gravações que também servem como atestado do que é repassado ao leitor.
 
Aliás, é esse leitor fiel que estimula a imprensa a buscar esclarecer situações muitas vezes obscuras ou maquiadas, que infelizmente anda despontam como resultado de práticas nada ortodoxas realizadas por agentes públicos e privados.
 
Por isso mesmo talvez seja tão temida a prática investigativa no jornalismo. Porque ela expõe a ferida e cobra resultados. E, além de fazer essa cobrança por si própria, leva os outros, como instituições de controle, de justiça, de segurança e acima de tudo a população, a também fazê-la.
Muito mais que buscar pelo "furo", embora normalmente leve a ele, o que motiva os profissionais que praticam o bom Jornalismo Investigativo é a sede de esclarecimento e justiça, em um país que têm se tornado motivo de descrença e mesmo de vergonha, devido a a tantos casos de corrupção na esfera pública.
 
Através dessa prática da reportagem que vai a fundo, tem sido possível desmascarar fraudes e condutas duvidosas que passam por cima de qualquer tipo de decência e tratam o povo sem nenhuma consideração. São essas pessoas que descaradamente negam provas e tentam, por meio dos mais diversos artifícios, denegrir a imagem de quem expõe seus mal feitos.
 
Contudo, de uma coisa esquecem os que praticam o impraticável. A informação sobre suas condutas muitas vezes chega de "mãos beijadas" dentro das redações. Isso porque aquela outra parcela de agentes públicos que preza pela verdade dos fatos e pela decência e moralização do bem público, consegue enxergar para onde direcionar suas denúncias. Claro, que a partir delas existirá sempre a busca pelo conteúdo completo e embassado e só quem poderá fazê-lo é o profissional da imprensa que, deixando de lado sua rotina diária, vai se debruçar horas e horas sobre documentos, para encontrar fontes que confirmem suspeitas e para embasar da melhor maneira o material que vai apresentar ao público leitor.
Nesse trabalho, as novas tecnologias têm sido de grande valia para o profissional da imprensa. O acesso a contas de Instituições e órgãos públicos está enormemente facilitado pela internet, por exemplo, e, a partir de muita pesquisa, o jornalista investigativo vai construindo seu material. Quando o completa, e prova que está certo, certamente terá o sono tranquilo, diferente daqueles que na ânsia de poder ou de benefícios impróprios, seja para eles ou para quem representam, jamais conseguirão fazê-lo.
 
O Jornal Diário do Povo tem se pautado pelo bom jornalismo. Tudo que se publica no jornal está embasado em documentos e fatos comprovados. É uma questão não só de dever, mas de respeito para com seus leitores. Dever e respeito que continuarão a existir independentemente do que quer que seja. Por aqui se busca a Verdade.
 
 
Fonte: Jornal Impresso Diário do Povo do Piauí
Edição: terça-feira, 10 de outubro de 2017.
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!