O PT idolatra o regime autoritário da Venezuela

20/08/2017 01:37
O apoio ao golpe de Nicolás Maduro é a página mais vergonhosa da história do PT - Foto: Jornal El País
Resultado de imagem para nicolas maduro fotos
 
DF, RJ E SP TÊM DEPUTADOS ESTADUAIS MAIS CAROS
Os deputados estaduais mais caros do Brasil estão no Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo. Entre salários, verba de gabinete e cota parlamentar, cada deputado do DF (distritais) custa R$3 milhões por ano ao contribuinte. Ao custo de R$2,9 milhões, os cariocas ficam logo atrás, mas em situação de empate técnico, dependendo de outros auxílios. São Paulo completa o “top3” com R$2,5 milhões por deputado.
   
A DIFERENÇA
O gasto maior por deputado no Distrito Federal fica por conta da verba para contratar assessores, R$184 mil contra R$171,5 mil dos cariocas.
   
MAIOR DO BRASIL
Com 94 deputados estaduais, maior número do País, a assembleia de São Paulo gasta R$ 242,8 milhões por ano com seus parlamentares.
   
CUSTO TOTAL
No Rio, com 70 deputados, são R$ 205 milhões por ano, enquanto no DF, com apenas 24 parlamentares, são R$ 73,2 milhões por ano.
   
MAIS QUE O CONGRESSO
O custo com cada deputado nos dois estados e no Distrito Federal é superior ao que é gasto com os deputados federais e até senadores.
   
NOMEADOS POR LULA E DILMA CHEFIAM STF ATÉ 2027
Os nomeados pelos ex-presidentes Lula e Dilma, do PT, vão presidir o Supremo Tribunal Federal até outubro de 2027, quando assumirá o comando o ministro Alexandre de Moraes, até agora o único indicado por Michel Temer. Apesar disso, os ministros não se comportam como “bancada do PT”. Em 2018, a atual presidente do STF, Cármen Lúcia, indicada por Lula, será substituída pelo ministro Dias Toffoli no cargo.
   
TOFFOLI, DEPOIS FUX
A presidência do paulista Dias Toffoli será exercida até setembro de 2020, quando será a vez do carioca Luiz Fux assumir o cargo.
   
WEBER, DEPOIS BARROSO
A ministra Rosa Weber presidirá o STF por treze meses, até outubro de 2023, ao atingir a idade-limite. Será sucedida pelo colega Luís Barroso.
   
MORAES SÓ EM 2027
Barroso entregará a presidência do STF a Edson Fachin em outubro de 2023. O ministro Alexandre de Moraes assumirá em 2027, aos 50 anos.
   
DEZESSETE ANOS
Até 2027, com Alexandre de Morais, e desde quando Gilmar Mendes concluiu o mandato em 2010, serão 17 anos de presidentes do STF nomeados por Lula ou Dilma: de Cezar Peluso a Cármen Lúcia, a atual.
   
MARANHÃO NO AVANTE
Sem fogos e alarde, e assim como Cândido Vacarezza, ex-líder dos petistas Lula e Dilma, Waldir Maranhão (MA), ex-vice de Eduardo Cunha na Câmara dos Deputados, filiou-se ao Avante (que era PTdoB).
   
RELAÇÕES BOVINAS
Vacarezza só deixou o PT há um ano, após se manifestar publicamente favorável ao impeachment de Dilma. Ele detestava a convivência com ela, quando era o líder do governo, e a odiou ao ser defenestrado.
   
CANDIDATO CARO
Cândido Vaccarezza (SP) foi eleito em 2010 com a campanha mais cara de toda a bancada do PT, a maior da Câmara naquele ano. Oficialmente, declarou despesas de R$ 4,7 milhões à Justiça Eleitoral.
   
TUNGA É CONSENSUAL
No Congresso, o “fundo eleitoral” é caso raro de matéria consensual. Todos os partidos - do PSOL ao DEM - querem tomar R$3,6 bilhões do contribuinte, equivalente 0,5% de tudo que o Brasil arrecada por ano.
   
INUTILIDADE
A Comissão de Segurança da Câmara não parece ter muito o que fazer: aprovou rapidamente proposta que proíbe a implantação secreta ou não-autorizada de chips em seres humanos.
   
VIOLÊNCIA DAS FARC
Os narcoguerrilheiros das Farc fizeram muito mal à Colômbia. Segundo o jornal português Diário de Notícias, 875 mil mulheres sofreram com violência sexual e prostituição forçada no conflito, e só de 2010 a 2015.
   
QUE VERGONHA
A senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT e ré na Lava Jato, não se manifestou sobre a destituição do parlamento democraticamente eleito, na Venezuela. Só tem palavras de elogio à ditadura de Maduro.
   
PENSANDO BEM...
...não é por acaso que o PT idolatra o regime autoritário da Venezuela: lá, agora, o parlamento tem apenas um partido, o que apoia o governo.
 
 
Fonte: Diário do Poder
Coluna do Cláudio Humberto
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!