Opinião: É tudo mera questão de opinião?

03/12/2015 14:17

Por Josenildo Melo

Foi colocado no tabuleiro o processo de impeachment de um presidente da República Federativa do Brasil. Quais as razões para isso acontecer? Sua santidade o Papa Bento XVI já dizia que nada pior na contemporaneidade do que o relativismo. Independentemente de que sejam justos ou não o desencadeiar de fatos e acontecimentos; o país chamado Brasil será a partir de agora tomado de uma verdadeira guerra de interesses. De um dos lados os que defendem o impeachment e de outro os que relativizam tudo e a todos os fatos e acontecimentos. O cerne da questão não deveria ser o combate pleno à corrupção? Eis a realidade!!

 

Conhecimento é prazer e no intuito de pensar de fato o Brasil e o Piauí; o Conceituado e Influente Portal AZ tornou-se referência em disseminar artigos de qualidade sobre o que pensa a sociedade. E a imprensa de forma geral tem aberto o debate sobre opiniões emitidas? E porque deveria abrir o debate? Debate é debate e os canais é que devem ser abertos, ampliados e jamais restritos a pensamento A ou B. Nem bem aconteceu de fato as discussões sobre o processo de impeachment; imediatamente diversas correntes já disponibilizam defesas de meros interesses? Tudo passará a ser apenas mera questão de opinião?

 

Sempre é bom refletir. A derrubada de um presidente foi legitimada no Brasil e existia quase uma unanimidade. E agora porque não acontece isso novamente? É importante perceber a evolução dos canais de informação principalmente depois do avanço e expansão da internet; sobretudo as redes sociais. A concepção de informação pronta e pré-fabricada sofreu um grande abalo. E existia isso? O mundo transparente não concebe mais hipocrisias. O certo é que o Mundo Mudou; o Brasil queira ou não alguns, o país chamado Brasil mudou e mudou sobretudo pelo esforço contínuo de cada empresário e cidadão brasileiro. Praticamente hoje o filtro informativo parte do próprio interessado em receber o conteúdo disponibilizado.

 

Tudo não é apenas questão de opinião. Conhecimento é prazer e no intuito de que cada vez mais aumente o número de pessoas interessadas em informação de qualidade, o conceituado e influente Portal AZ lançou o café com informação e com os mais diversos assuntos e temáticas vem desempenhando seu papel qualitativo da excelente informação. Tudo não pode ser mera questão de opinião. O debate efetiva opiniões! A partir de agora o Brasil e o Piauí será tomado pelas opiniões e ideias partindo de diversas vertentes em torno do impeachment. Quem ficar de fora por meros interesses comerciais ficará fora da História Política?

 

O exercitar contínuo do debate prazeroso através da emissão de opinião faz bem ao país; faz bem ao mundo. Que possamos ver o desencadeiar da abertura de um processo de impeachment como a luz no fim do túnel pro incremento do debate e do exercício democrático de opiniões. Que possamos deixar de ser meros expectadores da vida e possamos emitir e publicar o que verdadeiramente pensamos. Tudo não é mera questão de opinião. Com certeza toda informação opinativa e sem emoções exacerbadas de defesa pessoais ajuda na construção de um estado melhor e de um país que precisa realmente deixar de futricas políticas!

 

De acordo com informações de domínio público, nenhum povo do mundo antigo contribuiu tanto para a riqueza e a compreensão da política no seu sentido mais amplo, como o fizeram os gregos de outrora. Os nomes de Sócrates, Platão, Aristóteles, no campo da teoria, de Péricles e de Demóstenes na arte da oratória, estão presentes em qualquer estudo erudito que se faça a respeito e mesmo nos mais singelos manuais de divulgação. É chegado a hora do Brasil se tornar conhecido como o país da efervescência política? Do jeito que as coisas andam; não somente a Grécia terá doutores e entendedores plenos da arte política? Tudo não pode continuar sendo apenas uma disputa eterna de poder? O Brasil precisa crescer e evoluir? Já que os peritos em política não colocam o Brasil nos trilhos do progresso; que o estudo e o conhecimento como exercício de prazer possa realmente modificar o futuro de uma nação tão sofrida!

 

O Brasil adentra desde ontem na maior guerra ideológica e defesa de meros interesses pessoais? Quem somos nós para fazermos este julgamento. A defesa da coletividade passa longe do tabuleiro de xadrex político? Quem ganha e quem perde com a abertura do processo de impeachment? Que a Imprensa e as opiniões emitidas através da mesma; ajude de fato a elucidar inúmeras dúvidas geradas na população. Tudo agora passou apenas a ser perseguição? Qual a diferença entre democracia e poder totalitário? Medita Brasil!

 

Artigo Publicado no Influente e Conceituado Portal AZ