Paes defende secretário após relato

23/11/2015 17:50

'Pedro Paulo continua sendo meu candidato', diz Paes

 

- Folha de S. Paulo

 

RIO - O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), declarou neste domingo (22) que ainda pretende que o atual secretário de Governo, Pedro Paulo, seja seu sucessor.

 

A declaração de apoio vem apesar da divulgação dos casos de agressão e ameaça de Pedro Paulo contra sua ex-mulher, a turismóloga Alexandra Mendes Marcondes.

 

"Pedro Paulo é meu candidato. Não vou mais comentar esse assunto", disse Paes após a cerimônia de inauguração do campo de golfe olímpico, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Pedro Paulo participou do evento ao lado do prefeito.

 

De acordo com o terceiro e mais recente boletim de ocorrência a emergir contra Pedro Paulo, ele ameaçou há cinco anos "sumir" com a filha do casal.

 

O caso, revelado na última quinta-feira (19) pela revista "Época", ocorreu seis meses após a agressão em que, segundo laudo da Polícia Civil, Pedro Paulo quebrou um dente da ex-mulher, em fevereiro de 2010. Eles haviam acabado de separar e discutiam a guarda da filha.

 

Antes disso, em 2008, a turismóloga prestou depoimento relatando xingamentos e socos quando estava no carro, na presença da filha, à época com dois anos.