Papa Francisco - Filadélfia - Estados Unidos

26/09/2015 16:46

Filadélfia (RV) - Após a passagem por Washington e Nova York, o Papa Francisco chegou neste sábado (26/09) a Filadélfia para a última etapa da viagem aos EUA. Desde sexta-feira à noite, o centro da cidade está completamente fechado para o tráfego, com militares e policiais em quase todas as esquinas.

Em torno de 1,5 milhão de pessoas de todo o mundo são esperadas neste fim de semana na cidade para encerrar, com Francisco, o VIII Encontro Mundial das Famílias. É este o momento central da viagem e as famílias aqui presentes aguardam a mensagem que o Papa vai lhes dirigir.

Um estudo elaborado pelo Instituto Pew de pesquisas aponta que atualmente 20% da população dos Estados Unidos é católica.

Enquanto antigamente os católicos estadunidenses eram descendentes dos colonos irlandeses ou italianos, hoje a preencher as igrejas são principalmente os latino-americanos, que representam um terço dos fiéis.

O Papa chega ao Encontro e encontra uma realidade dividida a respeito de questões ligadas à tradição familiar e à moral sexual. A mesma pesquisa indica que  temas como contracepção, aborto ou o papel das mulheres na Igreja ainda são fonte de divergência entre os católicos e dentro do Episcopado do país. 

Na parte da tarde, Francisco discursará sobre a liberdade religiosa e imigração para 40 mil pessoas no Independence Mall, local considerado o berço dos Estados Unidos, aonde foi declarada a independência da Inglaterra, em 1776. E no final do dia, participará  da vigília das famílias, no Parque Benjamin Franklin.

De Filadélfia, Cristiane Murray para a RV