Para formar brasileiros de ouro – Comte Bittencourt

14/09/2016 16:19
- O Dia
Rio 2016 foi um sucesso, não há como negar. Adeus, complexo de vira-lata – termo criado por Nelson Rodrigues e que exemplifica nosso sentimento de inferioridade e nossa tendência em achar melhor o que é do outro. O Brasil que sabemos de cor, nos faz, a partir de agora, ter a certeza de que somos capazes de apresentar ao mundo um grande evento que já está, sem favor algum, no grupo dos inesquecíveis. O Rio, esta cidade que teima em continuar maravilhosa, recebeu, graças aos eventos, intervenções estruturais que, a partir de agora, necessitarão ações de continuidade.
 
Ao homenagear o profissional da Educação Física, cujo dia foi comemorado dia 1, aplaudo o sucesso da Olimpíada e da Paraolimpíada. É que não há como deixar de associa-los. E, ao juntá-los, lamento que, em nosso país, metade das escolas públicas não tenha estrutura apropriada para a prática esportiva para a formação de atletas e, na rede estadual, esse número chegue a 40%. Por conseguinte, a prática esportiva nas escolas públicas brasileiras é pouco incentivada. Professores formados em Licenciatura de Educação Física não são. Obrigatoriamente, utilizados no Ensino Infantil e primeiros anos do Ensino Fundamental, preparando e formando, quem sabe, futuros atletas olímpicos.
 
Atualmente, o esporte é foco de grande interesse. A recente realização da Olimpíada em nosso país ilustra bem tal informação. Muitas paixões estiveram e jogo. Entretanto, a prática esportiva é muito mais: cobre esferas mais determinantes, visto que envolve a teia de geração e manutenção de inter-relação entre os envolvidos, seja num campinho de futebol da periferia, seja na mais moderna arena olímpica. Aqui, o número de medalhas – apesar de significativo – revela bem menos que as histórias reais e complexas que estão por trás dos campeões no pódio e fora dele.
 
São histórias que falam do profissional da Educação Física e que envolvem cuidados de toda ordem: o que comer, onde e porque treinar, deslocamentos, interesses e possibilidades; opções possíveis e momentos de cada atleta, logísticas, recursos que chegam no momento certo ou que jamais estarão disponíveis por conta de outro tipo de jogo: o ideológico, o político e o econômico.
 
-----------
Comte Bittencourt é deputado estadual pelo PPS
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!