Presidente Temer comemora aprovação da DRU

02/06/2016 21:38
Temer comemora aprovação da DRU: “Peço um aplauso ao Congresso”
Presidente fez uma saudação especial ao segundo vice-presidente da Câmara, deputado Giacobo (PR-PR), que presidiu a sessão de ontem e reforçou a importância do trabalho em sintonia dos Três Poderes
 
POR LUMA POLETTI
 
Quebrando o protocolo, durante a cerimônia de posse do novo ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, na manhã desta quinta-feira , o presidente interino Michel Temer em seu discurso pediu um aplauso ao Congresso Nacional em razão da votação de ocorrida ontem na Câmara dos Deputados. Os parlamentares aprovaram no início desta madrugada 14 projetos de lei com recuperação salarial para diversas categorias dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), além da Proposta de Emenda à Constituição que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 31 de dezembro de 2023 - uma das prioridades da equipe econômica do novo governo.
Em uma das votações, deputados aprovaram o Projeto de Lei 2646/15, de autoria do Supremo Tribunal Federal (STF), que reajusta o subsídio dos ministros da corte de R$ 33.763,00 para R$ 39.293,38, a partir de janeiro de 2017. O texto segue agora para votação no Senado
 
“Temos apenas 20 dias de exercício governamental e temos muitos projetos importantes pela frente e nós vamos precisar sempre muito da Câmara dos Deputados. Se me permitem a informalidade eu peço um aplauso ao nosso Congresso Nacional”, disse Temer.
 
O presidente fez uma saudação especial ao segundo vice-presidente da Câmara, deputado Giacobo (PR-PR), que presidiu a sessão de ontem e participou da solenidade de hoje no Palácio do Planalto. “Em primeiro lugar eu quero pedir licença para lançar um aplauso pessoal à Câmara dos Deputados e ao presidente em exercício Giacobo. Porque nesses dias eu tenho tido a felicidade de rever a Câmara dos Deputados e o Senado Federal trabalhando ativamente, algo que não ocorre há muito tempo”, disse Temer.
 
O presidente reforçou a importância dos Três Poderes trabalharem em sintonia, respeitando o preceito constitucional da independência de cada um. “É claro que quando Legislativo impede, digamos assim, o avanço de propostas do Poder Executivo, fica muito difícil governar”, afirmou o peemedebista.
 
Fonte: Site Congresso em Foco
 
 
 
“O que temos visto nesses últimos tempos é um Congresso trabalhando madrugada adentro para aprovar projetos difíceis”, disse Temer, lembrando da primeira vitória do governo obtida na votação da nova meta fiscal. “O que foi especialmente importante para o governo foi a aprovação da Desvinculação de Receitas da União em prazo recorde, porque a comissão aprovou no dia de ontem e logo à noite a Câmara conseguiu aprovar esse projeto”, comemorou o presidente.Temer comemora aprovação da DRU: “Peço um aplauso ao Congresso”
Presidente fez uma saudação especial ao segundo vice-presidente da Câmara, deputado Giacobo (PR-PR), que presidiu a sessão de ontem e reforçou a importância do trabalho em sintonia dos Três Poderes
POR LUMA POLETTI
Quebrando o protocolo, durante a cerimônia de posse do novo ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, na manhã desta quinta-feira , o presidente interino Michel Temer em seu discurso pediu um aplauso ao Congresso Nacional em razão da votação de ocorrida ontem na Câmara dos Deputados. Os parlamentares aprovaram no início desta madrugada 14 projetos de lei com recuperação salarial para diversas categorias dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), além da Proposta de Emenda à Constituição que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 31 de dezembro de 2023 - uma das prioridades da equipe econômica do novo governo.
Em uma das votações, deputados aprovaram o Projeto de Lei 2646/15, de autoria do Supremo Tribunal Federal (STF), que reajusta o subsídio dos ministros da corte de R$ 33.763,00 para R$ 39.293,38, a partir de janeiro de 2017. O texto segue agora para votação no Senado
 
“Temos apenas 20 dias de exercício governamental e temos muitos projetos importantes pela frente e nós vamos precisar sempre muito da Câmara dos Deputados. Se me permitem a informalidade eu peço um aplauso ao nosso Congresso Nacional”, disse Temer.
 
O presidente fez uma saudação especial ao segundo vice-presidente da Câmara, deputado Giacobo (PR-PR), que presidiu a sessão de ontem e participou da solenidade de hoje no Palácio do Planalto. “Em primeiro lugar eu quero pedir licença para lançar um aplauso pessoal à Câmara dos Deputados e ao presidente em exercício Giacobo. Porque nesses dias eu tenho tido a felicidade de rever a Câmara dos Deputados e o Senado Federal trabalhando ativamente, algo que não ocorre há muito tempo”, disse Temer.
 
O presidente reforçou a importância dos Três Poderes trabalharem em sintonia, respeitando o preceito constitucional da independência de cada um. “É claro que quando Legislativo impede, digamos assim, o avanço de propostas do Poder Executivo, fica muito difícil governar”, afirmou o peemedebista.
 
“O que temos visto nesses últimos tempos é um Congresso trabalhando madrugada adentro para aprovar projetos difíceis”, disse Temer, lembrando da primeira vitória do governo obtida na votação da nova meta fiscal. “O que foi especialmente importante para o governo foi a aprovação da Desvinculação de Receitas da União em prazo recorde, porque a comissão aprovou no dia de ontem e logo à noite a Câmara conseguiu aprovar esse projeto”, comemorou o presidente.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!