‘Qualquer proposta de diálogo soará falsa’, rebate Aécio

23/01/2016 09:14

PSDB, DEM e PSB reagem à presidente; para peemedebista, ‘ataques não ajudam’

Maria Lima - O Globo

-BRASÍLIA- A oposição reagiu de imediato à mudança de tom da presidente Dilma Rousseff, que depois de dizer que chamaria a oposição para discutir uma agenda para sair da crise, em discurso no encontro do PDT acusou os defensores do impeachment de golpistas. O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse que os ataques de hoje mostram a falta de sinceridade de Dilma ao pensar em abrir diálogo com a oposição.

 

Os reiterados e já cansativos ataques da presidente à oposição, que nada mais faz do que cumprir o seu dever, são mais uma demonstração da insinceridade com que o governo fala em diálogo com a oposição. Enquanto o governo e a presidente da República não assumirem a sua responsabilidade pela crise econômica e social sem precedentes pela qual passa o país, qualquer proposta de diálogo soará falsa — respondeu Aécio Neves.

 

Confusão mental”

O deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) lamentou:

 

A presidente Dilma vive um processo de confusão mental que não é de hoje. Além dela, pouquíssimas pessoas dão credito ao que fala. Os ataques de hoje, lógico que não ajudam um diálogo com a oposição. Ela quer é fazer as pessoas de bobas e idiotas. O Brasil está purgando seus pecados com Dilma. É muito doloroso, mas infelizmente temos que suportá-la até que leve o país ao estrangulamento total, em breve.

 

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) devolveu o ataque da presidente Dilma no mesmo tom e disse que ficará muito mais distante qualquer possibilidade de diálogo com a oposição:

 

Assim é óbvio que não dá! Golpista é quem aplicou o conto do vigário nos brasileiros para se eleger. É golpista também quem deu cobertura política à atuação dos que praticaram os graves atentados contra às instituições republicanas reveladas pela Lava-Jato.

 

As declarações de hoje da presidente Dilma demonstram que a palavra diálogo, de fato, não faz parte do dicionário desse governo — completou o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

 

Política raivosa e juvenil”

No encontro com o vice-presidente Michel Temer no início da semana, ao reconhecer a gravidade da crise, Dilma o consultou sobre chamar líderes da oposição para iniciar um diálogo em busca de saídas para o país. Temer elogiou a iniciativa.

 

A golpista Dilma que fez de uma eleição estelionato eleitoral não tem autoridade moral de convocar nenhum brasileiro para projeto de seu governo. Somente um novo governo com credibilidade poderá encontrar caminhos para o país sair da crise a que foi levado — reagiu o líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR).

 

O presidente nacional do DEM, José Agripino Maia (RN), adotou o mesmo tom:

 

Este comportamento oscilante mostra as fragilidades da presidente Dilma Rousseff como articuladora de um governo de conciliação. Propor diálogo a oposição num dia e chamar de golpista no outro é sinônimo de política raivosa e juvenil.


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!