Renato Andrade: Silêncio quebrado

20/01/2016 08:35

- Folha de S. Paulo

Em tempos bicudos, tradições podem ser quebradas, dando lugar a ações inusitadas. Alexandre Tombini resolveu fazer esse movimento ontem sem sutilezas.

 

Uma hora depois de o FMI divulgar relatório com projeções lastimáveis –mas óbvias– sobre o desempenho da economia brasileira, o presidente do Banco Central dilmista publicou um "comentário" sobre as contas feitas em Washington.

 

A decisão já valeria um debate sobre sua (ir)relevância, mas ganhou ainda mais destaque por acontecer no dia em que a diretoria do BC começaria, horas mais tarde, sua primeira reunião de 2016 para definir se dará mais uma paulada no juro.

 

Existe uma regra de ouro, definida e seguida pelo próprio Banco Central, que determina silêncio dos diretores às vésperas desses encontros.

 

Tombini resolveu deixar de lado a tradição e gritar, para todo mundo ouvir, que as coisas podem seguir um caminho diferente do que ele mesmo e seus colegas de diretoria vinham sugerindo há semanas.

 

Pelas contas do FMI, o Brasil vai amargar um tombo de 3,5% neste ano, ficará estagnado no próximo e só voltará a crescer em 2018. O presidente do BC avaliou como "significativas" as estimativas e achou, por bem, explicar que esse tipo de informação "relevante" é analisada na hora de definir para onde vai o juro.

 

A reação do mercado financeiro foi imediata. No lugar de uma alta mais forte da Selic, passou a estimar um avanço mais suave ou até a manutenção da taxa no atual patamar.

 

As críticas também vieram a jato. Depois de toda reclamação do PT e de parte do governo sobre o que vinha sendo dito, a indicação de mudança de rumo jogou por terra o resto de credibilidade detida por Tombini.

 

Subir o juro como era indicado garantiria ao presidente do BC a pecha de amigo da recessão. Se a decisão desta quarta-feira seguir o "novo caminho", Tombini consolidará a imagem de leniente com a inflação e sem controle sobre sua própria cadeira.


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!