Serviços de Signis em Roma (SSR) celebram 65 anos

05/02/2016 07:39

Rádio Vaticana

Os Serviços de Signis em Roma (SSR) celebraram nesta quinta-feira (04/02) o 65° aniversário da sua fundação. Os católicos em África e na Ásia envolvidos no jornalismo, rádio, televisão ou internet e que utilizam a conexão via satélite, material catequético audiovisual ou música conhecem muito bem as actividades dos Serviços de Signis em Roma. Eles sabem que lá poderão encontrar a perícia profissional no uso das últimas tecnologias para anunciar o Evangelho: serviço de comunicação e equipamentos adaptados às necessidades das diversas dioceses e comunidades. Para muitos bispos africanos, nenhuma viagem para Roma é completa sem passar pelos escritórios do SSR, no Palazzo San Calisto.

SSR teve as suas origens em Roma, aos 4 de fevereiro de 1951, como resposta concreta ao pedido da Santa Sé e foi criado pela Organização Católica Internacional do Cinema (OCIC). A nova instituição foi originariamente chamada Subsecretariado para o Cinema Missionário (SMC, pelo seu nome em inglês) e desde cedo se ocupou de filmes religiosos para as missões. Nesse mesmo ano, o SMC foi convidado para apresentar a sua visão e expor o seu trabalho na educação, usando materiais audiovisuais, junto da UNESCO em Paris.

Renomeada como Missionário Serviço da OCIC, a instituição tornou-se um apoio essencial para a propagação da fé através dos meios de comunicação durante o período da descolonização e da emergência de novos Países independentes, nos anos 60. Os meios de comunicação estavam ao serviço da evangelização, tornando-se cada vez mais importantes para os católicos em África, América Latina, Oceânia e Ásia, nas suas sociedades em transformação.

Em 2001, OCIC e Unda (Associação Católica Internacional de Rádio e Televisão) uniram-se para formar SIGNIS (Associação Católica Mundial para a Comunicação), e em 2014 SIGNIS recebeu os seus Estatutos Canónicos, tornando-se na única instituição católica internacional formalmente reconhecida pela Santa Sé. Após a formação da SIGNIS o Serviço Missionário da OCIC passou a chamar-se Serviços de Signis em Roma (SSR).

SSR trabalha actualmente em três vertentes: primeiro, ela oferece apoio pastoral e técnico na elaboração de projectos relativos à comunicação para as dioceses e instituições de comunicação católicos em áreas missionárias, especialmente em África (estes projectos são posteriormente apresentados a potenciais doadores); em 2° lugar, SSR selecciona, avalia e fornece apoio técnico para que os meios de comunicação católicos, especialmente as rádios, trabalhem de forma eficaz; finalmente, SSR fornece equipamentos de comunicação, formação de aplicação prática e capacitação do pessoal nas Conferências Episcopais, dioceses e seminários, trabalhando em estreita colaboração com parceiros como a Rádio Vaticano e CREC International, organização de comunicação e formação, com sede em Lyon (França).

Num contexto em que os media sociais estão a ter desenvolvimentos tecnológicos incrivelmente rápidos, nunca antes se tem sentido, como hoje, tanta necessidade dos Serviços de Signis em Roma. Fiel à sua tradição e à sua missão de prestar serviço pastoral na área da comunicação missionária, SSR está pronto para enfrentar novos desafios e ajudar no crescimento da Igreja em África e em todo o mundo.