Sinos de Notre Dame dobram em homenagem

15/11/2015 23:23

Sinos de Notre Dame dobram em homenagem às vítimas do atentado em Paris

O Arcebispo de Paris, André Vingt-Trois, oficiou no domingo uma missa na catedral de Notre Dame em homenagem às vítimas do atentado de sexta-feira, que matou pelo menos 132 pessoas na capital francesa.

 

Os sinos do templo começaram a soar às 18h15 (15h15 de Brasília) durante 15 minutos, nos quais a praça de Notre Dame estava cheia de pessoas que queriam manifestar apoio aos familiares das vítimas.

 

Nos arredores da catedral, o silêncio e algumas velas e flores acompanharam o ato, embora a presença das forças de segurança tenha lembrado que toda manifestação está proibida por causa do estado de emergência decretado pelo governo.

 

"Não temos medo, e por isso estamos aqui", declarou à Efe a parisiense Malzac Michelle.

 

Natalie Lacroix, também moradora da Cidade Luz, destacou que essa homenagem popular tem mais valor que as que feitas pelas autoridades.

 

"Nós que estamos aqui fora somos pessoas que sinceramente queremos prestar homenagem às vítimas, e os que estão em primeiro plano são políticos muitas vezes responsáveis por tudo isso", lamentou.

 

"Estou há dois dias vivendo em estado de 'choque', tenho medo e profunda tristeza, mas é preciso levantar a cabeça, como digo a meus amigos", acrescentou.

 

EFE