Vice-Presidente da Rede TV! ataca Organizações Globo

12/12/2017 17:06
"Não é possível uma empresa de comunicação receber 80% do dinheiro do mercado publicitário", diz Marcelo de Carvalho em discurso no LIDE
Redação/RedeTV!
 
O LIDE (Grupo de Líderes Empresariais) realizou nesta segunda-feira (11) a cerimônia de entrega aos contemplados do "7º Prêmio Líderes do Brasil" no Palácio dos Bandeirantes, sede oficial do governo estadual de São Paulo. 
 
O evento foi transmitido ao vivo e na íntegra no Facebook pela página oficial da RedeTV!, que possui mais de 3 milhões de fãs. O RedeTV News também exibiu boletins ao vivo da premiação.
 
Marcelo de Carvalho, vice-presidente e apresentador da RedeTV!, participou da abertura e teve a responsabilidade de entregar boa parte dos troféus do "7º Prêmio Líderes do Brasil".
 
"É uma honra para mim estar representando a RedeTV! e todos os nossos colegas nesse evento importantíssimo que é o 'Oscar' do empreendedorismo brasileiro. É um prazer enorme, especialmente neste ano extremamente difícil para todos, mas que aponta a um 2018 francamente alvissareiro. Nos Estados Unidos, existe uma tradição muito boa que eles chamam de 'New Year's resolution'. São as resoluções do Ano Novo, aquilo que você se compromete a mudar, a procurar transformar para melhorar a sua vida e a dos outros. Eu conclamaria todos os líderes aqui presentes a que se juntassem a mim em três resoluções de Ano Novo que me parecem fundamentais. A primeira, sem dúvida nenhuma, é o engajamento. Cada vez mais o empresário não deve ficar tomando cerveja na praia e sim na onda. Só que o engajamento que eu me refiro não é um engajamento apenas empresarial, é um engajamento na política, é um engajamento através de suas entidades de classe para realmente fazer a diferença e ajudar a mudar o Brasil saindo de sua zona de conforto como, por exemplo, o meu amigo João Doria, que saiu de sua zona de conforto e foi eleito em primeiro turno prefeito da maior cidade do Brasil e uma das maiores do mundo. Como, por exemplo, um médico formado pela Faculdade de Taubaté que talvez estivesse muito mais tranquilo clinicando e resolveu ser vereador, prefeito e o grande governador de São Paulo que é o nosso Geraldo Alckmin. Vamos sair todos nós da nossa zona de conforto, todos nós", disse Marcelo de Carvalho no início de seu discurso.
 
"O segundo é a união. União para aprovação das medidas importantíssimas que estão sendo e que têm que ser aprovadas. União absolutamente suprapartidária. Não é o momento de divisões, não é o momento de fisiologismos, é um momento da gente pensar no Brasil. E o terceiro, aí eu falo pelo meu setor, a provocação. Provoquem, empresários aqui presentes, as suas agências, os seus departamentos de marketing, para que mudem uma colocação nefasta que existe no mercado de comunicação, no mercado de mídia do Brasil, porque não é possível uma empresa de comunicação que hoje tem um pouco mais de 30% da audiência, receber 80% do total do dinheiro do mercado publicitário. Fazendo isso nós teremos - e eu não falo em benefício da minha empresa não, eu falo isso em benefício dos jornais, das revistas, da internet, das rádios, dos veículos locais - uma mídia mais forte e mais independente. E quanto mais independente for a mídia menos estaremos sujeitos a facciosismo. Quanto mais fortes e mais independentes nós formos, mais nós ajudaremos na construção do Brasil. Meus amigos, 2018 é um ano de desafios. Se nós tivermos um engajamento dos senhores, se nós tivermos a união na aprovação, se nós tivermos uma mídia adulta, responsável e absolutamente isenta, nós estaremos construindo o Brasil que queremos para os nossos filhos e para as gerações que seguirão", completou o vice-presidente e apresentador da RedeTV!.
 
Além de executivos e jornalistas da RedeTV!, o evento organizado pelo LIDE reuniu empresários e agentes da política brasileira como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o prefeito de São Paulo João Doria, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles e o ministro da Justiça Torquato Jardim. De acordo com os organizadores, a premiação das 51 categorias tem como objetivo "homenagear o talento, a competência e o comprometimento dos executivos atuantes no país".
 
"O empresário é movido por desafio e reconhecimento. Após um ano cheio de desafios, este é o momento do reconhecimento", exaltou Luiz Fernando Furlan, chairman do LIDE.
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!