13 senadores votaram contra a intervenção no Rio

21/02/2018 19:13
Por Redação - Pragmatismo Político
senado aprova intervenção militar no rio
Apenas 13 senadores votaram contra a intervenção militar no Rio de Janeiro
 
Senado repete Câmara e aprova decreto de Temer que autoriza intervenção no Rio de Janeiro. Apenas 13 parlamentares votaram contra a medida e um absteve-se
 
Os senadores brasileiros repetiram o que já haviam feito os deputados e aprovaram com folga o decreto de Michel Temer que ordena uma intervenção militar no Rio de Janeiro, isto é, o controle da segurança pública do estado passa a ser das Forças Armadas.
 
O texto foi aprovado por 55 votos a 13. Os votos contrários vieram dos oposicionistas PT, PCdoB e da Rede e do senador Telmário Motta (PTB-RR). O PSB se dividiu na votação: dois votaram a favor e dois, contra.
 
Aprovado o decreto, cabe agora ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), promover a devida publicação nos canais oficiais e comunicar o resultado da deliberação à Presidência da República.
 
Nos termos da lei, só com a autorização do Congresso as tropas militares já instaladas no Rio de Janeiro podem entrar em ação, apesar de operações já estarem em curso no estado.
 
A explicação das Forças Armadas é que estavam pendentes atividades concebidas durante a vigência da Garantia da Lei e da Ordem decretada, entre julho e dezembro do ano passado, em comunidades carentes do Rio.
 
VEJA COMO VOTARAM OS SENADORES:
 
Contra a intervenção (13 votos)
 
Fátima Bezerra (PT-RN)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Humberto Costa (PT-PE)
João Capiberibe (PSB-AP)
Jorge Viana (PT-AC)
José Pimentel (PT-CE)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Paulo Rocha (PT-PA)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Regina Sousa (PT-PI)
Telmário Mota (PTB-RR)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) – NÃO
 
A favor da intervenção (55)
 
Acir Gurgacz (PDT-RO)
Aécio Neves (PSDB-MG)
Airton Sandoval (MDB-SP)
Ana Amélia (PP-RS)
Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Armando Monteiro (PTB-PE)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Benedito de Lira (PP-AL)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dalirio Beber (PSDB-SC)
Dário Berger (MDB-SC)
Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Elber Batalha (PSB-SE)
Elmano Férrer (MDB-PI)
Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
Hélio José (PROS-DF)
Ivo Cassol (PP-RO)
João Alberto Souza (MDB-MA)
José Maranhão (MDB-PB)
José Medeiros (Pode-MT)
José Serra (PSDB-SP)
Kátia Abreu (Sem partido-TO)
Lasier Martins (PSD-RS)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Magno Malta (PR-ES)
Marta Suplicy (MDB-SP)
Omar Aziz (PSD-AM)
Otto Alencar (PSD-BA)
Pastor Bel (PRTB-MA)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Pedro Chaves (PSC-MS)
Raimundo Lira (MDB-PB)
Reguffe (Sem partido-DF)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Roberto Muniz (PP-BA)
Romário (Pode-RJ)
Romero Jucá (MDB-RR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Rose de Freitas (MDB-ES)
Sérgio de Castro (PDT-ES)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Simone Tebet (MDB-MS)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Valdir Raupp (MDB-RO)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Waldemir Moka (MDB-MS)
Wellington Fagundes (PR-MT)
 
Abstenção (1)
Roberto Requião (MDB-PR)
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!