Arquidiocese de Teresina ganha novo sacerdote

16/04/2018 10:06

Arquidiocese de Teresina ganha novo sacerdote

IMG_1877

Celebração Eucarística marcou a ordenação sacerdotal de Roberlan Sousa Roseno. A missa foi presidida pelo Arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito na Catedral Nossa Senhora das Dores. Apesar de ser cearense, o mais novo padre da Arquidiocese fez parte de seus estudos no estado do Piauí e foi na cidade de União que vivenciou sua experiência pastoral.

Além de membros do Clero Arquidiocesano, o momento também contou com a presença de familiares e amigos do sacerdote que vieram de sua terra natal e da cidade de União. Também estava presente no altar o padre José Monte que veio do Seminário da Diocese de Crato e que, segundo o novo sacerdote, foi o responsável pelo seu encaminhamento vocacional. A Celebração contou ainda com a presença de catequistas, membros do Terço dos Homens e do movimento Legião de Maria.

“As paredes desta Catedral ainda vibram com o Aleluia Pascal e hoje exultamos vozes pela primeira das quatro ordenações previstas para este ano”, disse Dom Jacinto ao dar início a celebração.

IMG_1819

O padre Anderson Fábio, coordenador da Pastoral Vocacional, foi o comentarista da noite, ofertando à comunidade presente esclarecimentos sobre cada etapa do rito de ordenação. O início foi marcado pela eleição do candidato, seguido da homilia e do propósito do eleito; logo após foi rezada a ladainha de todos os santos, seguida do rito de imposição das mãos e a prece de ordenação. Em seguida foi o momento da unção das mãos e entrega da patena e do cálice ao novo padre. Tudo realizado dentro da Celebração Eucarística, para logo após a Liturgia da Palavra, todos presenciarem o Rito da Ordenação Presbiteral.

“Queira aproximar-se o que vai ser ordenado presbítero”, disse o padre Anderson Fábio. E de pé, o candidato Roberlan Sousa Roseno colocou-se diante do bispo, como sinal de prontidão, dizendo: “Presente”. Em seguida, o comentarista pediu ao arcebispo que ordenasse o irmão para a missão de presbítero. O bispo, então, interrogou o candidato que foi considerado digno deste ministério.

Na homilia, Dom Jacinto valorizou todo o momento como “fruto da Páscoa, pois hoje depositamos aos pés do Senhor a gratidão por mais um presbítero. Alegram-se padres e formadores. Sabemos que o anúncio do Evangelho é a primeira missão de um padre. O tempo pascal é sugestivo para isso. E para anunciar é preciso ter a coragem dos apóstolos. Santificar o povo cristão é parte construtiva do ministério presbiteral. Na Eucaristia você exercerá, conforme diz o Concílio do Vaticano, o Santo Sacrifício do Ministério Pascal. Saiba que para realizar a Celebração Eucarística há que se doar e dedicar fidelidade, pois ela é ponto alto da vida da Igreja e, portanto do padre”, ressaltou o Arcebispo.

Dom Jacinto ainda orientou, se dirigindo a Roberlan: “Compete-lhe estreitar laços com seu Bispo e o presbitério. Dedique-se ao seu rebanho com amor e invertível constância. Não cesse de invocar a Ele”, orientou.

Entre o público, estava a irmã do novo presbítero, Antônia Roseno, que externou a felicidade da família. “É muito emocionante ver essa assembleia completa. O padre que batizou ele está aqui. É gratificante. Roberlan é o irmão caçula e é nosso orgulho. Não se mede a felicidade desse momento. Ter no seio familiar um mensageiro da Palavra é graça do Pai. Confiamos na sua vocação e sabemos que será um sacerdote fiel aos ensinamentos de nosso Senhor. Nosso desejo é que ele se firme na missão dada por Deus”, destacou.

IMG_1831

Fiel da Paróquia de Nossa Senhora dos Remédios em União, Maria de Deus acompanhou a celebração na companhia do filho e do esposo e também se emocionou. “Esse momento é importante não só para ele, mas pra nós que somos amigos. Isso é uma benção! É muita emoção ver ele subir ao altar e receber a benção”, disse e depois chorou.

Para o mais novo padre da arquidiocese, fica a gratidão a Deus pelo momento. “Essa noite é a noite mais importante da minha vida. A noite em que sou ordenado pelas mãos de Dom Jacinto após anos de estudo. Agora é esperar o trabalho e a missão que já foi indicada para a cidade de Francinópolis e principalmente dar um testemunho fiel dentro da Igreja Particular de Teresina”, afirmou.

Ao final da celebração, após o momento de entrega das vestimentas que se deu na companhia da mãe do sacerdote, Dona Maria Roseno. Ele foi então orientado pelo Arcebispo a abençoar membros de sua família que estavam nas primeiras fileiras da Catedral.

IMG_1932

“Nós lhes desejamos e esperamos que essa benção do Senhor venha sobre você. Que você possa testemunhar os frutos abundantes da Morte e Ressurreição do Senhor”, disse o arcebispo finalizando.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!