Bolsonaro 33%, seguido de Haddad 23% e Ciro 10%

24/09/2018 13:40

Nova pesquisa mostra que Haddad se afasta de Ciro na disputa pelo 2º lugar

Levantamento FSB/BTG Pactual traz Bolsonaro em primeiro, com 33%, seguido de Haddad (23%) e Ciro (10%)

Resultado de imagem para Jair Bolsonaro presidente

Correio Braziliense - Jornal O Estado de Minas Gerais

A duas semanas do primeiro turno das eleições, novo levantamento FSB/BTG Pactual aponta crescimento na candidatura de Fernando Haddad (PT), que passou de 16% para 23%, em relação ao levantamento da semana passada, que já tinha apontado crescimento de 8 pontos percentuais para o petista. Jair Bolsonaro (PSL) continua na frente, com 33%, mesma porcentagem do último levantament

Já o terceiro colocado, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), aparece com 10% das intenções, uma queda de 4 pontos percentuais se comparado com a semana passada; em seguida vêm Geraldo Alckmin (PSDB) com 8%, Marina Silva (Rede) com 5%, e João Amoêdo (Novo) com 4%. 
 
A pesquisa foi feita entre 22 e 23 de setembro, com 2 mil eleitores a partir de 16 anos, nas 27 unidades da federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais. Como os levantamentos da FSB/BTG são realizados por telefone, são considerados menos precisos que as pesquisas que vão às ruas e mapeiam melhor as várias faixas de renda.

Segundo turno

O cenário de segundo turno também mudou. Na disputa com Haddad, Bolsonaro continua na frente, mas a diferença entre os dois cai perde vantagem. Neste levantamento, o capitão reformado tem 44%, contra 40% do petista, o que configura empate técnico. No levantamento da semana passada, os índices eram  46% e 38%, respectivamente. 
 
Quando Bolsonaro e Ciro se enfrentam, o ex-governador do Ceará ganha por dois pontos percentuais: 43% a 41%. Com Alckmin, o cenário é de 41% para Bolsonaro e 40% para o tucano. Já quando a postulante é Marina Silva, a diferença é maior. Enquanto o candidato do PSL alcança 46% das intenções, a ex-ministra chega a 34%. 

Rejeição

Marina segue com maior percentual de rejeição, com 60%. Bolsonaro, Haddad, Henrique Meirelles (MDB) e José Maria Eymael (DC) estão empatados, com 48%. Alckmin e Ciro vêm logo em seguida, com 47%.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!