Bolsonaro e Daciolo detonam agenda esquerdista

18/08/2018 00:40

Bolsonaro e Daciolo detonam agenda esquerdista em debate

Fernanda Salles

Por Fernanda Salles

Durante o debate presidencial transmitido pela Rede TV, na noite dessa sexta-feira (17), os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Cabo Daciolo (Avante) ‘discutiram’ questões importantes como aborto, descriminalização das drogas e ideologia de gênero no centro do estúdio.

Bolsonaro teve a oportunidade de perguntar ao candidato do Avante se ele aprovava as pautas defendidas pela esquerda. No meio de sua pergunta, o parlamentar aproveitou para alfinetar a candidata Marina Silva (REDE).

“Está na moda aqui no Brasil discutir a liberação das drogas e do aborto. Como a candidata aqui (Marina Silva) disse que preferia um plebiscito para decidir esses assuntos, mesmo sendo ela evangélica. O aborto é algo que aflige a todos aquele que amam e defendem a vida. Você é favorável ou contrário a essas questões?”, perguntou.

Daciolo, sem pensar duas vezes, respondeu negativamente. “Eu sou contra a liberação das drogas, sou contra a liberação do aborto […] antes de você ser gerado no ventre de sua mãe você foi escolhido”.

Bolsonaro ainda lembrou das cartilhas que incentivavam a sexualização de crianças a partir de seis anos de idade e que seriam distribuídas em escolas públicas.

“Nenhum pai quer chegar em casa e ver seu filho brincando de boneca por influência da escola”, afirmou o deputado.

Ainda em concordância com o candidato do PSL, Daciolo opinou.

“Criou Deus o homem à sua imagem e semelhança. Criou homem e mulher […] Eu sou defensor da família tradicional brasileira”.

O debate da Rede TV é o segundo a ser televisionado. O assunto ficou em primeiro lugar mundial no Twitter.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!