Coluna do Jornalista Arimatéia Azevedo - Portal AZ

20/07/2018 11:57

Cheiro ruim

Influente e Conceituado Jornalista Arimatéia Azevedo - Credibilidade

É muita séria, seríssima, um  verdadeiro caso de polícia, a denúncia de um ouvinte da FM Teresina sobre práticas heterodoxas na Secretaria de Educação quanto às contratações de gráficas. Aliás, pela denúncia sobre o envolvimento de militares nesse caso, a começar a citação de um tenente coronel, como sendo o chefão, ali até se parece uma extensão do quartel da PM. Mas o mais grave é a suspeita da existência de uma suposta organização nada republicana voltada a privilegiar dois ou três donos de gráficas, sob o verniz da transparência,  apenas porque se fez um pregão do qual elas foram escolhidas. No entanto, no mesmo pregão aparecem 44 gráficas tidas como habilitadas e a grande maioria não recebe qualquer pedido para serviço. Quando são chamadas, conforme o denunciante, são apenas para justificar o escabroso esquema, pois a quantia fornecida é infinitamente pequena comparada aos pedidos que variam desde R$ 600 mil a mais de R$ 1 milhão pagos para as gráficas privilegiadas no esquemão. O que se vê é que esse esquema supostamente criminoso já vem de outras gestões, passando a impressão de que mudam apenas os gestores, mas a ação criminosa continua a mesma. A acusação mais grave é feita diretamente contra o tenente-coronel Ronald e contra uma certa Polyana. O ouvinte esclarece que esse dinheiro gasto é oriundo de convênios federais, portanto, obrigatoriamente leva os órgãos federais de controle, o Ministério Público e a Polícia Federal a investigarem. É fácil chegar tanto nas gráficas, que operam de governo a governo como nos agentes públicos citados, deles, muito influentes, em gabinetes próximos ao Palácio de Karnak. Sã coisas que cheiram ruim. 

Consolo

Ontem, pertinho da noite, Themístocles Filho foi chamado ao apartamento do colega de partido Pablo Santos, pensando que seria mais um dia de blá-blá-blá sobre a vaga de vice que lhe fugiu das mãos.

Tamanha foi a sua surpresa ao chegar.
Lá estava Wellington Dias.

Seria discreto

O governador havia encomendado seu ex-assessor Pablo Santos para organizar o encontro para que ninguém soubesse.
Nem bem ele saiu dispararam telefonema para o jornalista - não dou o nome nem no pau de arara, contando tudo.

Calado

Wellington só quem conversou. Themístocles muito sofrido, disse-lhe umas poucas e boas. Depois, calado estava. Calado ficou.
O ambiente espantou os presentes, incluindo aí o deputado João Madison.

Esse não foi

Marcelo Castro não foi. Porque é na conta dele que estão espetando esse débito.
Todos ligados à Themístocles acham que o saoraimundense de sotaque paraibano foi o
Menino do Assis Carvalho para jogar pedra na vice e tirar Tetê do jogo.

Lá vem!

Vem cá, de quem é mesmo uma empresa de carros de aluguel que está no nome de um certo Geraldo?
A coluna adianta que tem gente correndo atrás de documentos para mostrar que de pobre mesmo, a dona só tem o jeito e o caminhado.

Festa

Circula uma foto de Marcelo Castro com Assis Carvalho na mesma noite do dia em que, pela manhã ele escreveu um oficio a Wellington Dias pedindo a indicação de Themistocles Filho para vice na chapa do governador. 
A festa foi gera. 

Fogo

Só um tolo não sabia que, de tanta confusão que fez contra a indicação de Themistocles, Assis Carvalho tocaria fogo na sucessão. 
O cara é mesmo um incendiário, queimou o Teté, de tal maneira, que puxou até Marcelo Castro para o seu lado.

Desengano

Themistocles Filho jogou a toalha mais cedo do que se esperava por uma forte reação sua, diante do fato de ter ficado de fora da vaga de vice na chapa de Wellington. 
Ontem, ele afirmou que vai seguir sua campanha de deputado estadual e lançará o filho Marcos Aurélio para a Câmara dos Deputados.

Prato frio

Como diz o ditado que vingança é como a sopa, se come em prato frio, pelas beiradas, ninguém se engane: Teté vai atrás dos ‘colégios eleitorais’ de pelo menos duas figuras. Seus alvos seria aquele que adora queimar ou tocar fogo nas coisas e o segundo, o que ri tão estridente e fino que nem a hiena. 

A vaga é minha

Durante coletiva na sede do MDB, Marcelo Castro deixou claro que a vaga de senador ofertada pelo governador ao MDB tem dono: ele mesmo.
“Ao MDB coube a vaga de Senador e o nome é o meu”., disse ele, na maior desfaçatez.  

A vaga é minha 2

E, pelo visto, Marcelo vai se agarrar a essa vaga com sofreguidão. 
O repórter ainda perguntou: E o Themístocles não quer ser senador, não?
Marcelo responde: “Não, o nome indicado foi o meu”.

Deixou no ar

Ingadado pela repórter Lídia Brito se votaria no governador Wellington Dias, Themístocles Filho deixou a resposta no ar.
“É, você quer advinhar, né? Vai ficar querendo...”

Vai encarar?

O pré-candidato ao governo do Estado, pelo Podemos, senador Elmano Férrer, afirma que selou aliança com Frank Aguiar, e que o cantor será candidato ao Senado em sua chapa.
O problema é que Frank Aguiar ainda não informou a novidade ao seu partido que continua atrelado a cargos no governo Wellington Dias.

Manuel Arrey

Os empresários espanhóis Manuel e Josep Arrey  (pai e filho) serão homenageados dia dez de agosto, pela Câmara de Vereadores de Teresina, que lhes conferirá os títulos de cidadãos teresinenses. 
Manuel está no Piauí há mais de duas décadas, exatamente há 25 anos, tendo diversificado seus negócios em vários segmentos, desde o setor de curtume, castanha até o ramo de hotelaria.

Outros setores

Sua atuação marcante também se registrou na construção civil, locação de imóveis e, como uma espécie de ‘consul honorário da Espanha no Brasil’, atua fazendo intercambio de piauienses com o seu país. 

Ping-Pong 

Vai almoçar onde?

Década de 90. O juiz Otílio Rezende, filho e admirador da cidade de Piripiri-PI, foi designado para atuar na cidade de Pedro II. Em uma audiência de interdição de um homem considerado, a luz do código civil de 1916, louco de todo gênero, o Otílio encerra o dia.
Otílio: “Hoje eu vou almoçar na ‘capital do mundo’ com a minha mãe”.
O louco: “Não me canso de dar gargalhadas...”
Otílio: “O senhor está rindo de que?”
O louco: “Eu sou o louco e o senhor vai almoçar na capital do mundo?”

Expressas 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo inicia no dia 6 e segue até 31 de agosto.

O Sindicato dos Servidores do Judiciário Estadual do Piauí solicitou que o Tribunal de Justiça adote as providências cabíveis para que os atendimentos aos beneficiários dos planos de saúde Iaspi e Plamta sejam regularizados.

Os partidos brasileiros iniciam hoje as convenções para decidir sobre os Candidaturas  à Presidência da República. Os nomes indicados devem ser aprovados até cinco de agosto. 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!