Coluna do Jornalista Arimatéia Azevedo - Portal AZ

21/07/2018 09:58

Cálculos políticos

Foto viralizou nas Redes Sociais no dia 20 de julho de 2018

Há uma chuva de críticas ao governador do Piauí, Wellington Dias, por sua opção em escolher como vice em sua chapa a petista histórica Regina Sousa. Mas do ponto de vista de cálculo político, é um tanto quanto difícil encontrar argumentos em contrário à decisão do petista. O MDB, aliado de última hora, derrotado por Wellington na eleição passada, quando tinha um filiado na cadeira de governador, não parece representar uma fatia substanciosa de eleitores, ou seja, o acréscimo da legenda é muito mais em tempo de rádio e TV que votos em si. Bem, mas o partido com seis deputados estaduais e um federal representa um apoio político importante. Isso também é verdade, mas convém lembrar que um aliado com muito mais capilaridade política, o senador Ciro Nogueira, jogou a toalha na disputa pela vaga de vice, no que parece ter feito bem, porque agruras, choros e ranger de dentes sobraram só para o MDB. Sim, mas se o MDB não agrega votos, muito menos votos agrega a senadora Regina Sousa. Verdade também, mas Regina atrai para a campanha uma militância petista capaz de tudo e muito mais, além de sinalizar positivamente para o eleitorado feminino, que se inquietou com a saída de Margarete. Finalmente, a possibilidade de Marcelo Castro ser candidato a senador pode dar ao governador um objetivo pessoal para além de sua própria reeleição: impor uma segunda derrota ao ex-governador Wilson Martins na corrida pelo Senado.

Pesquisa

Semana que vem, quarta-feira, deve sair uma pesquisa Data AZ realizada em Teresina. Deve medir intenções de voto para governador, senador, presidente e a repercussão da escolha de vice na chapa de Wellington Dias.

Seduc

A secretaria de Educação enviou nota à coluna dizendo que a denúncia de privilégios a apenas algumas das mais de 44 gráficas do pregão é ‘fake news’.  
“Todos os serviços gráficos realizados pela Seduc são executados mediante licitação. A Seduc aderiu a Ata de Registro de Preços realizada pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) realizada em 2016, com validade até 2018 e possibilidade de prorrogação por mais um ano”, esclarece.

Seduc 2 

Não se disse, em qualquer espaço da coluna, que os trabalhos gráficos são feitos sem licitação. 
O que a denúncia sustenta é que existem poucas gráficas prestando serviços, de um total de mais de 40. 
As mesmas, de governo a governo.

Será verdade?

Doutor Pessoa convoca a imprensa para anunciar que no dia seguinte irá decidir sobre a qual cargo será candidato.
Na coletiva, o deputado estadual contou que ter recebido 25 mensagens de Whatsapp, nas quais Themístocles o convidaria para um encontro. A informação de Pessoa poderia até ser verdade, se Themístocles usasse um smatphone.

A vaga é minha 

O deputado teria sido convencido pelo seu partido a se lançar candidato à Câmara Federal. A informação chegou como bomba no Solidariedade, partido de Pessoa.
Pré-candidatos a deputados federais que o seguiam já ensaiam um desembarque da sigla.

O jingle

Passou por Teresina, o eterno candidato à Presidência da República, José Maria Eymael, aquele do jingle Ey, Ey, Ey, Mael, durante a convenção do PSDC no Piauí.
O pré-candidato continua com a estapafúrdia ideia de criar o Ministério da Família. 
E tenta ser presidente pela quinta vez.

Apep

Telsirio Alencar vai encaminhar convite formal para Themistocles Filho para juntos fundarem a Associação dos Políticos Enganados do Piauí (Apep). Se o presidente da Assembleia topa, periga ser o presidente da nova entidade.

Quem avisa...

A possível confirmação de Marcelo Castro na chapa de Wellington Dias como candidato ao Senado pode ser muito ruim para Ciro Nogueira. 
Os petistas dão claro sinal de que o candidato deles será Marcelo e não Ciro, a quem só tratam de golpista.

Chapa pronta

Um exemplo de como os petistas se comportam em relação a Ciro Nogueira está numa postagem de Lucile Moura, ao anunciar em rede social a chapa governista: Wellington governador, Regina Vice, primeiro senador Marcelo e segundo Ciro. 
Abre o olho, Ciro.

Laranja

Pelo pouco entusiasmo dos petistas em relação a Ciro, não será surpresa se o segundo votos deles for para outro candidato de coligação diferente, um candidato laranja, por exemplo.

Chutador de petista

Beira a arrogância o que um vídeo que viraliza nas redes sociais mostra. É um adolescente gritando para uma 
certa Joice e apontando o deputado federal Marcelo Castro como “chutador de petista”. 
O deputado nada diz, mas assente com sonora gargalhada.

Petista trabalhador 

O garoto se refere a um imbróglio havido entre Marcelo e trabalhadores da CUT. 
O vídeo não tem data, mas o que fica é a imagem de satisfação do deputado, com a fama que lhe dá o garoto.

Estrago 

Na coligação do governo há quem faça cálculos de que as duas candidaturas ao Senado, de Ciro e Marcelo, podem causar estragos é para Wilson Martins. Isso porque, na leitura governista, os três disputariam o mesmo espaço e Wilson sairia perdedor. 
Vai vendo.

Intensamente

Pelo visto, o ‘senador José Amaury’ está vivendo intensamente os 121 dias de mandato, aproveitando a licença do Vein Elmano. 
Vai ao Senado, diariamente, até no recesso.

O hotel

Essa situação lembra o sujeito que hospedou-se no Ritz, em Paris e, ao voltar, perguntaram se ele havia aproveitado os sete dias de estada, para  conhecer a cidade luz. 
“Rapaz, com a diária mais cara do mundo, eu aproveitei e não sai do hotel nenhum dia”.

Nova sede

A delegacia da mulher terá sede própria. Novinha, ampla, bem confortável. 
Bem ali, em Timon.  

Ping-Pong

O lugar do velório

Depois da ameaça de Wellington Dias lançar Regina Sousa como candidata a vice, Themistocles Filho reúne em seu gabinete os deputados do MDB. O irrequieto, irreverente Robert Rios chega à recepção do gabinete do presidente. 
Robert: “Onde está o presidente? 
Tete Lira: “No gabinete, em reunião com o MDB”.
Robert Rios: “Por que ele não reuniu esse povo no salão Francisca Trindade?”
Tetê: “Por que lá?”
Robert  Rios: “É lá que se vela deputado quando morre”.

Expressas 

Todos os partidos da base governista devem fazer convenções no dia 3 de agosto, portanto, daqui a duas semanas.

Os tucanos e seus aliados devem fazer as convenções somente no domingo, 5 de agosto, último dia para a escolha de candidatos e alianças.

Mas os registros de candidaturas deverão ser feitos até o dia 15 de agosto, com a propaganda sendo iniciada no dia seguinte.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!