Julgamento de Lula faz senadora perder limite

17/01/2018 11:04
Julgamento de Lula faz senadora perder limite do bom senso
Resultado de imagem para senadora gleisi hoffmann poder360
No desespero, algumas pessoas perdem totalmente a noção do equilíbrio e do bom senso. Isso pode até ser uma atitude considerada normal em pessoas comuns, sem representatividade na vida pública. Mas, quando se trata de uma autoridade, é, no mínimo, temeroso.
 
A senadora Gleisi Hoffman ( PT-PR) deu uma declaração desastrosa e totalmente descabida, ao afirmar que “para prender o Lula vai ter que prender muita gente, mas, mais que isso, vai ter que matar gente.” Parlamentar eleita para representar o povo do seu estado, a senadora não pode se insurgir contra as leis e o Estado Democrático de Direito, até porque esta a razão do seu mandato, bem como dos demais senadores que são pagos pelos cofres públicos.
 
A manifestação político-partidária de apoio ao ex-presidente, condenado em primeira instância a nove anos e seis meses  de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá, é legítima. O que não pode acontecer é a convocação à desordem pública, com incitamento à violência, e ameaça de morte. Aí, já vira coisa de bandido.
 
A senadora Gleisi Hoffman, formada em Direito, é também ré na Lava-Jato e responde a processo, sob acusação de ter recebido R$ 1 milhão em propina na sua campanha para o Senado em 2010. Como bacharela em Direito, ainda que tenha optado pela atividade política, deveria ser a primeira a buscar os recursos judiciais cabíveis em caso de insatisfação com as decisões proferidas por juízes de primeira e de segunda instâncias. Mas, ao contrário, prefere agir à margem da lei, ameaçando de morte quem se coloca de forma contrária ao seu ponto de vista. A que ponto nós chegamos!
 
Por Cláudia Brandão - www.cidadeverde.com
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!