Maioria dos Magistrados é composta por Católicos

13/09/2018 17:26

JUDICIÁRIO - Maioria dos magistrados é composta por homens, brancos e católicos, aponta CNJ

Resultado de imagem para cruz católica

Por Redação 

Censo também apontou que a 18% dos magistrados são declarados negros

Pesquisa realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgada nesta quinta-feira (13) apontou que a maioria dos magistrados brasileiros é formada por homens, brancos, católicos, casados e com filhos. O resultado foi destacado no segundo censo realizado com a categoria no Brasil, o Relatório Perfil Sociodemográfico dos Magistrados. 

O órgão analisou os dados de 11.348  profissionais da Justiça- entre juízes, ministro e desembargadores - que representa 62,5% do total. O país possui um total de 18.168 magistrados. 

De acordo com os dados, 80,3% se declaram brancos, 18% negros. Em seguida estão aqueles que se consideram pardos (16,5%), pretos (1,6%) e de origem asiática (1,6%). A minoria se declara indígenas, apenas 11 deles. 

Entre os magistrados entrevistados, 82% afirmaram ter alguma religião. Destes, 57,5% se declararam católicos, seguido de espíritas (12,7%), e 6% evangélicos tradicionais. Aqueles que não possuem religião corresponde a 18%.

Mulheres


As mulheres representam 37% dos magistrados e os homens 63% homens. A pesquisa aponta que apesar da diferença hou um crescimento da participação feminina na Justiça desde 1990. Naquela época, a participação de mulheres era de 25%, contra 75% de homens.

Ainda comparando o gênero, mulheres progridem menos na carreira jurídica em comparação aos homens. Quase metade das magistradas atuam como juíza substituta, 44% do total. Entre os juízes titulares elas são 39%, entre desembargadores 23%, e ministros dos tribunais superiores, que envolve indicação, apenas 16%. 

Também consta na pesquisa que a capacitação para a área de violência contra a mulher é de apenas 11%. A maioria dos magistrados (73%) se especializaram em áreas mais convencionais - que são cumulativas com outras -, como Direito Civil, incluindo atualização do novo Código de Processo Civil (CPC) e atualização no Direito do Trabalho.

 

https://www.destakjornal.com.br

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!