Papa a hispânicos: sejam fermento de comunhão

22/09/2018 10:31

Papa a católicos hispânicos nos EUA: sejam fermento de comunhão

Papa saúda integrante da tripulação antes de embarcar no A320/AZ² da Alitália

Na mensagem em vídeo, Francisco exorta as Igrejas particulares a buscar caminhos para responder melhor à crescente presença, aos dons e ao potencial da juventude e das famílias hispânicas.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Bispos, párocos e agentes pastorais, reunidos nos Estados Unidos para o V Encontro Nacional de Católicos Hispânicos, foram surpreendidos na noite desta quinta-feira (20) por uma mensagem em vídeo do Papa Francisco. O evento está sendo realizado na pequena cidade de Grapevine, no Texas, para analisar como a Igreja responde à presença dos hispânicos ou dos latino-americanos no país.

Depois de saudar em espanhol os mais de 3 mil delegados e 130 bispos que participam do evento, o Papa Francisco descreveu o encontro como “um fato histórico para a Igreja nos Estados Unidos”. O Pontífice afirmou ainda que é “um modo concreto para responder ao desafio de ‘sair’ de qualquer tipo de conforto” para se transformar em “fermento de comunhão” a quem busca esperança, como jovens e famílias que vivem nas periferias da sociedade.

“Vocês buscam criar uma cultura do encontro que desperte a esperança: encontrar-se. Diversas culturas, diversos modos de viver, de pensar se encontram e se caminha na esperança. Vocês se propuseram a alcançar um modo diferente de ser e de se relacionar que encoraja cada pessoa e cada grupo a compartilhar a riqueza das próprias tradições, a riqueza das próprias experiências, a derrubar muros, a construir pontes.”

Papa Francisco, ao reconhecer os valores do encontro e dos próprios hispânicos oferecidos hoje à Igreja e aos EUA, fala de uma experiência que chamou de “processo do encontro”, “um processo muito maior de renovamento, de impulso missionário”, aos quais são chamadas todas as Igrejas locais.

“Sei que o processo deste quinto encontro confortou muitos imigrantes que vivem em situações de medo e de incertezas. O quinto encontro ofereceu a eles um maior sentido de comunidade, amizade, apoio. Foi um instrumento de graça que levou à conversão do coração de muitas pessoas e, sobretudo, à conversão pastoral de situações e à conversão pastoral das Igrejas particulares, das paróquias, dos colegas, de qualquer tipo de encontro eclesial.”

Além de motivar o acompanhamento pastoral para melhor responder “à presença crescente, aos dons e ao potencial da juventude e das famílias hispânicas e de outras culturas”, o Papa Francisco reconheceu a contribuição da comunidade hispânica à vida dos Estados Unidos.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!