POLÍCIA FEDERAL - A LEI É PRA TODOS!

21/04/2018 12:08

Por Josenildo Melo

 

                        POLÍCIA FEDERAL - A LEI É PRA TODOS!

            Polícia Federal – o filme – a lei é pra todos. Durante a realização da Operação Bidone, a Polícia Federal apreende no interior um caminhão carregado de palmito, que trazia escondido 697 kg de cocaína. A investigação recai na equipe montada por Ivan Romano (Antonio Calloni), sediada em Curitiba e composta também por Beatriz (Flávia Alessandra), Júlio (Bruce Gomlevsky) e Ítalo (Rainer Cadete). As conexões do tráfico os levam ao doleiro Alberto Youssef (Roberto Birindelli) e, posteriormente, ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa (Roney Facchini), que revela uma imensa estrutura envolvendo construtoras e o governo, de forma a desviar dinheiro público. À medida que a investigação avança o grupo liderado por Ivan se aproxima cada vez mais de alguns dos políticos mais influentes do país. Tem ou não algo com a realidade atual?

A República Federativa do Brasil vive SIM momentos diferenciados, alguns queiram ou não; é necessário admitir os fatos e acontecimentos da realidade atual. O filme a polícia federal – a lei é pra todos retrata na telona o atual momento em que vive o Brasil. Qual político hoje, não pensa no mínimo três vezes, antes de cometer alguma irregularidade? E não venham com essa de que apenas alguns estão sendo punidos. Os que ainda não foram punidos; aguardam apenas a queda do foro privilegiado para também começarem a sofrer “aflições”. Eis a nova realidade! O Brasil está mudando !!

            O que é mesmo foro privilegiado? Segundo informações públicas O foro especial por prerrogativa de função, usualmente conhecido como foro privilegiado, é um mecanismo que estabelece um procedimento jurídico especial em virtude do cargo de um indivíduo. No Brasil, ele contempla os principais cargos públicos de todas as esferas (União, Estado, município) e estabelece o julgamento de uma ação por Tribunais de instâncias superiores. O foro privilegiado liga-se ao cargo, não ao indivíduo, pois deixa de valer para um indivíduo assim que ele cessa suas funções. Com o inchaço do Estado brasileiro, a sobrecarga e letargia do Poder, o crescente número de cargos abarcados, o foro rapidamente virou símbolo de impunidade e proteção às elites políticas; motivando ações e apoio popular pelo seu controle ou extinção.

            Quais as razões de alguns não fazerem eco ao fato do Brasil está realmente mudando? Seria o apego desordenado a certa corrente ideológica ou partidária? Não seria o medo de serem os próximos a serem atingidos pela operação lava jato? Essas perguntas possuem ou não respostas? . A Polícia Federal, a Justiça Federal, o poder judiciário está fazendo a sua parte. E o povo irá fazer também a sua parte no grande dia?


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!