Progressistas ensaiam deixar Wellington Dias

27/05/2018 15:25
INSATISFAÇÃO - PROGRESSITAS ENSAIAM DEIXAR W.DIAS
Wellington Dias já preparou o terreno pra dispensar Margarete Coelho, mas prefeitos progressistas querem dar o troco e lançar Margô candidata a governadora (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)
Wellington Dias já preparou o terreno pra dispensar Margarete Coelho, mas prefeitos progressistas querem dar o troco e lançar Margô candidata a governadora (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)
 
COM WELLINGTON DIAS CONSTRANGENDO MARGARETE COELHO E PONDO EM DÚVIDA O CHAPÃO PROPORCIONAL, PROGRESSISTAS PODE SEGUIR OUTRO RUMO
 
Em 2014, o petista Wellington Dias formava um trio popular com a progressista Margarete Coelho de vice e Elmano Ferrer senador. Havia, naquele ano, um discurso sintonizado de gestão social, empoderamento e participação. Quatro anos depois, Elmano é candidato ao governo questionando o modelo de gestão irresponsável do PT e  W.Dias vai empurrando de maneira constrangedora sua vice pra fora da chapa. Quem foi que mudou?
 
Para os prefeitos progressistas, que somam mais de um terço dos gestores municipais do Piauí, não é preciso nem pensar na resposta. Os atos de Wellington Dias fazem a carapuça de inconfiável servir de sob medida. O petista tem desdenhado da importância do partido e obrigando Margarete passar por um humilhante processo de exclusão da chapa majoritária.
 
O Progressitas já lançou, oficialmente, a campanha #FicaMargarete, para mantê-la no lugar. Com o aval do senador Ciro Nogueira.
Diariamente Margarete Coelho tem sido "fritada" pelo entorno de Wellington sem que o governador tenha consideração ao projeto iniciado em 2014 (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)
Diariamente Margarete Coelho tem sido "fritada" pelo entorno de Wellington sem que o governador tenha consideração ao projeto iniciado em 2014 (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)
 
Wellington não deu bola. E nos bastidores, lideranças dizem se sentir, de certo modo, traídas. 
 
Depois disso, agora, estão cada vez mais constantes as manifestações por uma candidatura de Margarete ao Governo do Estado, contestando o próprio Wellington Dias. E isso acontece com as irmãs de Margarete promovendo a polêmica em grupos de redes sociais. Carmelita Castro (prefeita de São Raimundo Nonato) e Nailer Castro já compartilharam esse material abertamente.
O movimento de prefeitos progressistas já tem adesão de gestores de outros partidos e expõe a fragilidade da base governista; até as convenções pode haver debandada de lideranças apoiando candidatura própria de Margarete (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)
O movimento de prefeitos progressistas já tem adesão de gestores de outros partidos e expõe a fragilidade da base governista; até as convenções pode haver debandada de lideranças apoiando candidatura própria de Margarete (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)
 
Dado que, além de despejar Margarete da chapa majoritária, o governador petista Wellington Dias está deixando o PT numa chapa proporcional pura e reduzindo as chances dos demais aliados -- dentre os quais, o próprio Progressistas -- fazerem uma bancada maior de deputados, o clima de fato, é de aliança em fase terminal.
 
Mas se acabar essa aliança, não parece que vai haver velório. A expectativa é de festa no Progressistas.
 
 
Coluna do Marcos Melo www.politicadinamica.com
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!