Segunda noite de desfiles do Grupo Especial

12/02/2018 19:56
Segunda noite de desfiles do Grupo Especial terá 56 títulos na Sapucaí
Portela, atual campeã do Carnaval do Rio, desfila hoje (12)
Carnaval do Rio terá atual campeã Portela, Tijuca com homenagem a Miguel Falabella e ainda outras quatro escolas
 
Kaique Dalapola, do R7 
 
Escolas de samba de muita tradição vão passar pelo sambódromo da Marquês de Sapucaí na segunda noite de desfiles do Grupo Especial, nesta segunda-feira (12). Das seis que desfilarão, apenas uma (a União da Ilha) ainda não foi campeã da elite do Carnaval do Rio de Janeiro. As demais, somam 56 títulos na história.
 
Em busca do 5º troféu, a Unidos da Tijuca abrirá a noite — a previsão é iniciar às 21h15. A escola vai homenagear o ator Miguel Falabella com o enredo “Um coração urbano: Miguel, o arcanjo das artes, saúda o povo e pede passagem".
A maior vencedora e atual campeã do Carnaval do Rio, a Portela é a segunda a passar pela Marquês de Sapucaí. A escola de Oswaldo Cruz (zona norte) tenta o 23º título da história com o enredo “De repente de lá pra cá e dirrepente de cá pra lá”.
 
Na sequência entra a União da Ilha do Governador, única sem título no Grupo Especial. A escola vai em busca do primeiro triunfo falando sobre os hábitos alimentares da população brasileira com o enredo “Brasil bom de boca”.
 
A quarta a desfilar na Sapucaí, já na madrugada de terça-feira (13), é a Acadêmicos do Salgueiro. Com o enredo “Senhoras do ventre do mundo”, a escola do Andaraí (zona norte) tenta o 10º título do grupo especial. No ano passado, a Salgueiro terminou em terceiro, ficando atrás apenas das duas campeãs (Portela e Mocidade).
 
A Imperatriz Leopoldinense, quinta a entrar no sambódromo, contará a história dos 200 anos do Museu Nacional, com o enredo “Uma noite real no museu nacional”. A escola do bairro de Ramos (zona norte) foi oito vezes campeã do Grupo Especial do Carnaval do Rio — a última vez foi o em 2001, quando conquistou um tricampeonato emplacando também triunfos em 1999 e 2000.
 
Fechando a noite, uma das mais tradicionais escolas de samba: a Beija-Flor. Com 13 títulos na história, a escola de Nilópolis vai para a avenida com o enredo “Monstro é aquele que não sabe amar”. No ano passado a escola terminou na 6ª colocação, e o último título foi em 2015.
 
 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!